Meditação de Ellen White

Print Friendly, PDF & Email

DEUS GUIA POR CAMINHOS APRAZÍVEIS – 21 DE JULHO 2018

Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranquilas. Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça por amor do Seu nome. Salmos 23:2 e 3.

Que várias famílias de cidades ou vilas se unam e deixem as ocupações que as cansaram física e mentalmente, e façam uma excursão ao campo, às margens de um belo lago, ou a um pequeno bosque onde seja lindo o cenário da natureza. Devem prover-se de alimento simples e saudável, das melhores frutas e cereais, pondo a mesa à sombra de alguma árvore ou sob a abóbada celeste. A viagem, o exercício e o panorama despertarão o apetite e poderão usufruir de uma refeição que causaria inveja aos próprios reis.

Em tais ocasiões, pais e filhos devem sentir-se livres dos cuidados, do trabalho e de toda preocupação. Os pais devem sentir-se pequenos com seus filhos, tornando o mais alegre possível esse momento de expansão. Que o dia todo seja um contínuo recreio. O exercício ao ar livre, para aqueles cujo emprego é sedentário, lhes beneficiará a saúde. Todos os que podem, devem sentir o dever de seguir esse procedimento. Nada se perderá; mas ganhar-se-á muito. Tornarão a suas ocupações com nova vida e novo ânimo para empreender de novo sua tarefa com mais zelo, e estarão melhor preparados para combater qualquer enfermidade.

Mas poucos compreendem o constante, cansativo trabalho dos que têm a responsabilidade da obra nos escritórios. Estão confinados dentro de quatro paredes dia após dia e semana após semana, enquanto um constante esforço das forças mentais está destruindo sua constituição e diminuindo sua vitalidade. …

Eles devem ter constantes mudanças, e devem dedicar um dia totalmente à recreação com seus familiares, que quase se privam por completo de seu convívio. Testemunhos Para a Igreja, vol. 1, págs. 514 e 515.


A JUSTIÇA ENRIQUECE A VIDA – 20 DE JULHO 2018 

O que segue a justiça e a bondade achará a vida, a justiça e a honra. Provérbios 21:21.

As mais felizes atitudes para o intercâmbio social são tomadas quando aqueles que entram em contato mútuo, têm o amor de Deus germinando em seu coração; quando se encontram para trocar pensamentos quanto à Palavra de Deus ou considerar métodos para o avanço de Sua obra e fazer o bem a seus semelhantes. Quando o Espírito Santo é recebido como um hóspede bem-vindo a estes ajuntamentos, quando nada é dito ou feito para afastá-Lo, Deus é honrado, os que se reúnem são refrigerados e fortalecidos. …

Cristo Se alegra quando os pensamentos da juventude são ocupados nos grandes e enobrecedores temas da salvação. Ele entra no coração de todos como um hóspede permanente, enchendo-os de alegria e paz. … Aqueles que possuem este amor se deleitarão em falar das coisas que Deus tem preparado para os que O amam. The Youth’s Instructor, 4 de fevereiro de 1897.

Os jovens, rapazes e moças, não devem pensar que seus entretenimentos, seus passeios, suas noites sociais, como geralmente realizados, são aceitáveis a Cristo.

Luz me tem sido enviada, repetidas vezes, no sentido de que todas as nossas reuniões sejam caracterizadas por uma decidida influência religiosa. Se nossos jovens se reunissem para ler e entender as Escrituras, perguntando: “Que farei para herdar a vida eterna?” (Lucas 10:25) e então se colocassem num só espírito ao lado da verdade, o Senhor lhes encheria o coração de bênçãos. …

Para todos, adultos e jovens, a Palavra do Senhor é: Que a verdade de Deus floresça na mente e no coração. Que vossa oração seja: “Ó Deus, guarda a minha alma, para que eu não Te desonre”. The Youth’s Instructor, 14 de agosto de 1906.


DEVEMOS SER AMIGÁVEIS SE QUEREMOS TER AMIGOS – 19 DE JULHO 2018

O homem que tem muitos amigos pode congratular-se. Provérbios 18:24.

Nos arranjos para a educação do povo escolhido manifesta-se o fato de que a vida centralizada em Deus é uma vida de perfeição. Cada necessidade que Ele implantou, providencia para que seja satisfeita; cada faculdade comunicada, procura Ele desenvolver.

Como o Autor de toda a beleza, sendo Ele próprio amante do belo, Deus proveu o necessário para satisfazer em Seus filhos o amor do belo. Também providenciou para as suas necessidades sociais, para a associação amável e edificante, que tanto faz para que se cultive a simpatia e se ilumine e dulcifique a vida. Educação, pág. 41.

A sociabilidade cristã é na verdade bem pouco cultivada pelo povo de Deus. … Por meio do intercâmbio social formam-se relações e amizades que dão em resultado certa unidade de coração e uma atmosfera de amor que agradam ao Céu. Mensagens aos Jovens, pág. 405.

Todos encontrarão ou farão amigos. E justamente na proporção do fortalecimento da amizade, será o grau de influência que os amigos exercerão uns sobre os outros para o bem ou para o mal. Todos terão amigos, e influenciarão e serão influenciados.

O vínculo da amizade é algo misterioso que une os corações, de tal maneira que os sentimentos, os gostos e os princípios de duas pessoas se identificam intimamente. Um observa o espírito do outro e como que o assimila. Assim como a cera retém a figura da estampa, assim a mente retém a impressão produzida pelo contato e pela associação. A influência pode ser inconsciente, e mesmo assim não menos poderosa. … Se a escolha das companhias é feita com aqueles que temem ao Senhor, a influência conduzirá à verdade, ao dever, à santidade. Uma vida verdadeiramente cristã é uma força para Deus. Testemunhos Para a Igreja, vol. 4, pág. 587.

O calor da verdadeira amizade … é um antegozo das alegrias do Céu. A Ciência do Bom Viver, págs. 360


ADORAÇÃO E LOUVOR – 18 DE JULHO 2018 

Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes dAquele que vos chamou das trevas para a Sua maravilhosa luz. 1Pedro 2:9.

Em certo sentido, o pai é o sacerdote da família, depondo sobre seu altar o sacrifício matutino e vespertino. Mas a mulher e os filhos devem unir-se à oração e aos cânticos de louvor. Pela manhã, antes que saia de casa para o trabalho do dia, reúna ele os filhos em redor de si, e, curvando-se perante Deus, entregue-os ao Seu paternal cuidado. Passados os cuidados do dia, reúna-se a família para fazer uma prece de gratidão, e erguer hinos de louvor, em reconhecimento do divino cuidado no decorrer do mesmo. … Não deixeis de reunir vossa família em torno do altar de Deus. A Ciência do Bom Viver, págs. 392 e 393.

Em nossos esforços pelo conforto e felicidade dos hóspedes, não esqueçamos nossas obrigações para com Deus. A hora de oração não deve ser negligenciada por consideração nenhuma. Não converseis nem vos divirtais até que fiqueis demasiado cansados para fruir o período de devoção. Fazer isso é apresentar a Deus uma oferta defeituosa. Cedo ainda ao anoitecer, quando podemos orar, sem atropelamento e de maneira inteligente, devemos apresentar nossas súplicas, erguendo a voz em feliz e grato louvor.

Que todos quantos visitam os cristãos vejam que a hora de oração é a mais preciosa, a mais sagrada e feliz hora do dia. Essas horas de devoção exercem uma influência enobrecedora em todos quantos dela participam. Trazem uma paz e um sossego aprazíveis ao espírito. Mensagens aos Jovens, pág. 342.

Uma luz, por pequena que seja, se está sempre brilhando, pode servir para acender outras muitas. … Maravilhosas serão nossas possibilidades. Se abrirmos o coração e o lar aos divinos princípios da vida, poderemos ser condutos que levem correntes de força vivificante. De nosso lar fluirão rios de vida e de saúde, de beleza e fecundidade numa época como esta, em que tudo é desolação e esterilidade. A Ciência do Bom Viver, pág. 355.


O LAR DEVE SER UM REFÚGIO AOS JOVENS – 17 DE JULHO 2018

Qualquer que receber uma destas crianças em Meu nome a Mim Me recebe. Marcos 9:37.

Nosso lar deve ser um refúgio para os jovens que sofrem tentações. Muitos há que se encontram na encruzilhada dos caminhos. Toda influência e impressão recebida determina a escolha do rumo de seu destino nesta vida e na porvir. A Ciência do Bom Viver, pág. 354.

Não vos mantenhais afastados deles, mas achegai-vos a eles. Trazei-os para junto de vossas lareiras; convidai-os para o culto familiar. Há trabalho que milhares precisam fazer por eles. Toda árvore no jardim de Satanás está cheia de frutos tentadores e venenosos, e um ai é pronunciado sobre cada um que os colhe e come. Review and Herald, 10 de novembro de 1885.

O mal os atrai. Seus pontos de reunião são brilhantes e sedutores, e todos são aí muito bem recebidos. Em redor de nós há jovens sem família, ou cujos lares não exercem sobre eles uma força protetora nem enobrecedora, e eles se vêem arrastados para o mal. Encaminham-se para a ruína aos nossos olhos.

Esses jovens necessitam que se lhes estenda a mão da simpatia. Uma boa palavra dita com sinceridade e uma pequena atenção para com eles varrerão as nuvens da tentação que se amontoam sobre sua alma. A verdadeira expressão da simpatia filha do Céu tem o poder de abrir a porta do coração que necessita da fragrância de palavras cristãs, e do simples, delicado contato do espírito do amor de Cristo. Se quiséssemos dar provas de algum interesse pela juventude, convidá-la a nossa casa, e cercá-la aí de influências alentadoras e proveitosas, muitos haveria que de boa vontade dirigiriam seus passos numa escala ascensional. A Ciência do Bom Viver, págs. 354 e 355.

Lembrai-vos, porém, de que não encontrareis a felicidade encerrando-vos em vós mesmos, satisfeitos com entornar toda a vossa afeição um sobre o outro. Aproveitai toda oportunidade de contribuir para a felicidade dos que vos rodeiam. Lembrai-vos de que a verdadeira alegria só se encontra no serviço desinteressado. A Ciência do Bom Viver, pág. 362


FAZER DO LAR UMA BÊNÇÃO AOS OUTROS – 16 DE JULHO 2018

Quando fizeres convite, chama os pobres, aleijados, mancos e cegos; … porque eles não têm com que to recompensar; mas recompensado serás na ressurreição dos justos. Lucas 14:13 e 14.

Deus Se desagrada com o interesse egoísta tantas vezes manifestado por “eu e minha família”. Toda família que demonstra este espírito necessita converter-se aos puros princípios exemplificados na vida de Cristo. Os que se fecham assim dentro de si mesmos, os que não mostram satisfação em atrair a si e entreter os visitantes, perdem muitas bênçãos. Testemunhos Para a Igreja, vol. 6, pág. 344.

Há muitos outros para quem nossa família pode se tornar uma bênção. Nossas recreações sociais não deveriam ser ditadas pelos costumes do mundo, mas pelo Espírito de Cristo, e pelos ensinos de Sua Palavra. Os israelitas, em todas as suas festas, admitiam os pobres, os estrangeiros e os levitas, os quais eram ao mesmo tempo ajudantes do sacerdote no santuário, mestres de religião e missionários. Todos esses eram considerados hóspedes do povo, recebendo hospitalidade durante as festas sociais e religiosas, e sendo atendidos carinhosamente em suas enfermidades e necessidades. A pessoas assim devemos acolher em nosso lar. Quanto esse acolhimento não alegraria e daria ânimo ao enfermeiro ou missionário, à mãe carregada de cuidados e trabalhos árduos, ou às pessoas fracas e idosas, que vivem muitas vezes sem lar, lutando com a pobreza e com tantos desalentos! …

O calor das boas-vindas, um assento ao pé do lume e outro à vossa mesa, o privilégio de compartilhar da bênção do culto de família, será, para muitos destes pobres, como um antegozo do Céu.

Nossas simpatias devem transbordar para além de nossa personalidade e do círculo de nossa família. Há preciosas oportunidades para os que desejam fazer de seu lar uma bênção para outros. A influência social é uma força maravilhosa. Se queremos, podemos valer-nos dela para auxiliar aqueles que nos rodeiam. …

Curto é o tempo de que dispomos. Não podemos passar por este mundo mais de uma vez; tiremos pois, ao fazê-lo, o melhor proveito de nossa vida. A Ciência do Bom Viver, págs. 352 a 355.


ADORAÇÃO DE MANHÃ E À NOITE – 15 DE JULHO 2018

Para de manhã anunciar a Tua benignidade e, todas as noites, a Tua fidelidade. Salmos 92:2.

A religião de Cristo conduzir-nos-á a fazer todo o bem possível, tanto aos grandes como aos pequenos, ao rico como ao pobre, ao feliz como ao oprimido. Mas especialmente levar-nos-á a manifestar bondade aos de nossa própria família. Será manifestada em atos de cortesia e amor para com o pai, a mãe, o esposo e a esposa e para com os irmãos e filhos. Devemos olhar para Jesus, buscar Seu Espírito para vivermos à luz de Sua bondade e amor, e refletir-Lhe a glória sobre os outros. Manuscrito 18, 1891.

Os que são unidos pelos laços do parentesco têm os mais fortes direitos um sobre o outro. Em seu trato recíproco devem manifestar bondade e o mais terno amor. Signs of the Times, 1° de setembro 1898.

Maneiras gentis, conversação agradável, atos de amor unirão o coração dos filhos a seus pais pelos suaves laços de afeição, e farão mais para tornar atrativo o lar do que os mais raros ornamentos que se poderão comprar com dinheiro. O Lar Adventista, págs. 426 e 427.

Mútua bondade e paciência farão do lar um paraíso e atrairão santos anjos para o círculo da família; mas eles fugirão da casa onde há palavras desagradáveis, rixas e atritos. …

As mais valiosas regras para o intercâmbio social e de família podem ser encontradas na Bíblia. … No sermão do Monte, feito por nosso Salvador, contém instrução de incalculável valor para adultos e jovens. Devia ser lido sempre em família e seus preciosos ensinamentos exemplificados na vida diária. A regra de ouro: “Tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-lho também vós” (Mateus 7:12) … deve tornar-se a lei da família. Os que estimam o espírito de Cristo manifestarão polidez no lar. … Estarão constantemente procurando tornar todos felizes ao seu redor, esquecendo de si mesmos em sua bondosa atenção para com os outros. O Lar Adventista, págs. 422 a 424.

A cortesia cristã é o fecho de ouro que une os membros da família em laços de amor, tornando-se cada dia mais forte. The Health Reformer, agosto de 1877.


ADORAÇÃO NA CASA DE DEUS – 14 DE JULHO 2018

Praticávamos juntos suavemente, e íamos com a multidão à casa de Deus. Salmos 55:14.

Rodeai vossos filhos com os encantos do lar e do vosso convívio. Se assim fizerdes, não terão tanto desejo de se unirem com outras companhias. … Devido ao mal que há agora no mundo, e à restrição que é necessário impor aos filhos, os pais devem ter cuidado dobrado em mantê-los unidos ao seu coração, fazendo-os compreender que desejam sua felicidade. Testemunhos Seletos, vol. 1, pág. 137.

Que os pais devotem as noites à família. Deixem os cuidados e perplexidades dos trabalhos diários. … Que as noites sejam passadas em tanta felicidade quanto possível. Christian Temperance and Bible Hygiene, pág. 65.

Formai no lar um círculo de leitura, no qual cada membro da família, pondo de lado os cuidados do dia, se una em estudo. Pais, mães, irmãos e irmãs, façam de coração essa tarefa e vejam se a igreja do lar não será grandemente aperfeiçoada. … Que seja lida literatura que confira o verdadeiro conhecimento e que seja um verdadeiro auxílio para toda a família. Review and Herald, 29 de julho de 1902.

Caso [os pais] reunissem as crianças bem junto a si, e lhes mostrassem que as amam, e manifestassem interesse em todos os seus esforços, e mesmo em suas brincadeiras, tornando-se por vezes mesmo uma criança entre elas, dar-lhes-iam muita satisfação e lhes granjeariam o amor e a confiança. Fundamentos da Educação Cristã, pág. 18.

Criadas sob a sábia e amorosa guia de um lar verdadeiro, as crianças não terão desejo de ausentar-se em busca de prazer e camaradagem. O espírito que prevalece no lar moldará seu caráter; formarão hábitos e princípios que serão uma forte defesa contra a tentação, quando deixarem o abrigo do lar e assumirem sua posição no mundo. A Ciência do Bom Viver, pág. 394.

O coração da juventude é pronto em responder ao toque de simpatia. Fundamentos da Educação Cristã, pág. 58.


O CORAÇÃO DO PAI VOLTADO PARA O FILHO – 13 DE JULHO 2018

E converterá o coração dos pais aos filhos e o coração dos filhos a seus pais. Malaquias 4:6.

O pai quando retorna de seu trabalho diário não deverá trazer para o lar as suas perplexidades. Deverá sentir que o lar, o círculo familiar são tão sagrados que não devem ser perturbados com as contrariedades. Quando deixa o lar não deve deixar seu Salvador e sua religião. Ambos devem acompanhá-lo. A doce influência de seu lar, as bênçãos da esposa, e o amor dos filhos tornam leve sua carga, e ele volta com paz no coração e com palavras alegres e animadoras para a esposa e os filhos, que o esperam com alegria. Review and Herald, 8 de setembro de 1899.

Ele deve achar prazer em dedicar algum tempo para estar com os filhos. Pode levá-los ao jardim e mostrar-lhes os botões de flores a se abrirem e os variados matizes das mesmas. … Pode imprimir-lhes na mente o fato de que se Deus cuida tanto das árvores e flores, muito mais cuidará das criaturas formadas à Sua imagem. Pode conduzi-las desde cedo a compreenderem que Deus quer que os filhos sejam belos, não com adornos artificiais, mas com a beleza do caráter, o encanto da bondade e afeição que lhes encherá o coração de alegria e felicidade. Signs of the Times, 6 de dezembro de 1877.

Se a mente deles se conservar no real e verdadeiro, ao invés de nas coisas frívolas e na busca de prazeres, o coração não poderá senão encher-se de reverência, e eles serão levados a adorar o Deus da natureza. The Youth’s Instructor, 6 de maio de 1897.

Se pretendeis atrair vossos filhos a Jesus, não deveis entrar em casa com palavras rudes, com a testa franzida. Se vindes de vosso trabalho cansados e abatidos, suplicai a Deus Sua graça, Seu Espírito restaurador, para que vosso coração possa ser abrandado, para que vossa boca se encha de palavras de bondade e ânimo. Prendei vossos filhos ao vosso coração. Transmiti-lhes vossa religião por seus atrativos. Signs of the Times, 22 de fevereiro de 1892


AS CRIANÇAS GOSTAM DA COMPANHIA DA MÃE – 12 DE JULHO 2018

Levantam-se seus filhos, e chamam-na bem-aventurada; como também seu marido, que a louva. Provérbios 31:28.

O lar deve ser para as crianças o mais atrativo lugar do mundo, e sua maior atração deve ser a presença da mãe. As crianças têm natureza sensível e amorosa. Facilmente se consegue agradá-las, e facilmente também se sentem infelizes. Mediante uma disciplina branda, com palavras e atos amáveis, as mães podem unir os filhos ao seu coração.

As crianças gostam de ter companhia, e raramente se podem divertir sozinhas. Anseiam simpatia e ternura. O que lhes dá prazer, elas creem que também o dá à mãe. …

Em vez de mandar que os filhos se afastem dela, a fim de não ser molestada pelo barulho que fazem, ou perturbada por suas pequeninas necessidades, imagine a mãe algum divertimento ou trabalho leve, para entreter a mente e suas ativas mãozinhas. Penetrando em seus sentimentos, dirigindo-lhes os brinquedos e as ocupações, a mãe conquistará a confiança dos filhos. …

Mediante paciente e vigilante amor, ela poderá dar à mente das crianças a verdadeira direção, nelas cultivando belos e atrativos traços de caráter.

As mães devem guardar-se de educar os pequenos de maneira a se tornarem dependentes, e absorvidos consigo mesmos. Nunca os leveis a cuidar que são o centro, e que tudo o mais deve girar em torno deles. Alguns pais dedicam demasiado tempo e atenção para distrair os filhos, mas estes devem ser acostumados a se divertirem a si próprios, a exercer seu próprio engenho e habilidade. Assim, aprenderão a estar satisfeitos com prazeres simples. Devem ser ensinados a sofrer animosamente seus pequeninos desapontamentos e provações. … Estudai maneiras a sugerir às crianças, pelas quais elas aprendam a preocupar-se com os outros. A Ciência do Bom Viver, págs. 388 e 389.

Na Palavra de Deus encontramos a bela descrição de um lar feliz e a mulher que o dirige: “Levantam-se seus filhos, e chamam-na bem-aventurada; como também seu marido, que a louva” (Provérbios 31:28). O Lar Adventista, pág. 534.


LINGUAGEM BONDOSA – 11 DE JULHO 2018

O Senhor Jeová me deu uma língua erudita, para que eu saiba dizer, a seu tempo, boa palavra ao que está cansado. Ele desperta-me todas as manhãs, desperta-me o ouvido para que ouça como aqueles que aprendem. Isaías 50:4.

Se temos Cristo habitando conosco, seremos cristãos tanto no lar como fora. Aquele que é cristão terá palavras bondosas para seus parentes e para aqueles com quem mantém relações. Será bondoso, cortês, amoroso, simpático, e estará se educando para pertencer à família do Céu. Se for um membro da família real, representará o reino para o qual irá. Falará amavelmente com seus filhos, pois compreenderá que eles também são herdeiros de Deus, membros da corte celestial. Entre os filhos de Deus não reina nenhum espírito de aspereza. Review and Herald, 20 de setembro de 1892.

Alguns orgulham-se de falarem sempre, de serem rudes e violentos e chamam a isso franqueza; mas corretamente o nome não é esse, é egoísmo dos mais grosseiros. Review and Herald, 29 de abril de 1884.

Cristo foi sempre calmo, mantendo-Se com dignidade, e os que com Ele trabalham usarão em seu trabalho o óleo da graça. Suas palavras e ações serão suaves. Review and Herald, 11 de julho de 1899.

Devemos educar nosso coração a ser piedoso, gentil, terno, cheio de perdão e compaixão. Se bem que deixemos de lado toda vaidade, toda conversação tola, ridícula e zombadora, não devemos tornar-nos insensíveis, antipáticos e insociáveis. O Espírito do Senhor deve repousar sobre vós até que sejais como uma fragrante flor do jardim de Deus. Deveis falar da luz, de Jesus, o Sol da Justiça, até que sejais transformados de glória em glória, de caráter a caráter, indo de força em força, e refletindo mais e mais a preciosa imagem de Deus. Review and Herald, 20 de setembro de 1892.

Cristo sempre está pronto a doar Suas riquezas, e devemos juntar as joias que dEle provêm a fim de que, ao falarmos, essas joias fluam de nossos lábios. Testemunhos Seletos, vol. 2, pág. 439.


BOA DISPOSIÇÃO – 10 DE JULHO 2018

O que exercita misericórdia, com alegria. Romanos 12:8.

Tendes um dever a cumprir, isto é, tornar-vos animosos e alegres e cultivar a abnegação em vossos sentimentos, a ponto de ser vosso maior prazer tornar felizes a todos os que vos rodeiam. Mente, Caráter e Personalidade, vol. 1, pág. 327.

Alegria sem leviandade é uma das graças cristãs. O Lar Adventista, pág. 433.

Não permitais que as perplexidades e tristezas da vida diária aflijam vosso espírito e vos entristeçam o semblante. Se o permitirdes, tereis sempre alguma coisa que vos atormente e aborreça. A vida é o que dela fazemos, e encontraremos o que buscarmos. Se olharmos as tristezas e perplexidades, se estamos de mau humor de molde a ampliar pequenas dificuldades, encontraremos quantidades delas para nos absorver os pensamentos e a conversação. Mas se olhamos o lado brilhante das coisas, encontraremos o suficiente para nos fazer alegres e felizes. Se dermos sorrisos, eles nos serão devolvidos; se falarmos palavras prazerosas e alegres, assim nos falarão. O Lar Adventista, pág. 430.

É o estudado plano de Satanás impelir as pessoas de um extremo para outro. Como filhos da luz, Deus quer que cultivemos um espírito alegre, feliz, para que anunciemos as virtudes dAquele que nos chamou das trevas para a Sua maravilhosa luz. O Lar Adventista, pág. 432.

Descei a um porão e podeis falar de trevas e clamar: “Não posso ver, não posso ver.” Mas subi para o cômodo superior, onde brilha a luz, e não necessitareis de estar em trevas. Subi onde Cristo está, e tereis luz. The Australasian Union Conference Record, 1° de novembro de 1904.

O cristão fervoroso procura imitar a Jesus, pois ser cristão é ser semelhante a Cristo. … O serviço feito de boa vontade e de coração a Jesus, produz uma religião radiante. … Em Cristo há luz, paz e alegria permanentes. O Lar Adventista, pág. 431


HOSPITALIDADE – 09 DE JULHO 2018

Sendo hospitaleiros uns para os outros, sem murmurações. Cada um administre aos outros o dom como o recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus. 1Pedro 4:9 e 10.

Quando acaba o espírito de hospitalidade, o coração torna-se paralisado pelo egoísmo. Manuscrito 41, 1903.

“Dado à hospitalidade” (Tito 1:8), eis uma das especificações mencionadas pelo Espírito Santo como devendo assinalar uma pessoa apta a assumir responsabilidades na igreja. E a toda a igreja é feita a recomendação: “Sendo hospitaleiros uns para os outros, sem murmurações” (1Pedro 4:9). …

Essas admoestações têm sido estranhamente negligenciadas. Mesmo entre os que professam ser cristãos, pouco exercida é a verdadeira hospitalidade. Entre nosso próprio povo, não é considerada como deve ser a oportunidade de ser hospitaleiro, como um privilégio e uma bênção. Há positivamente muito pouca sociabilidade, muito pouca disposição de fazer lugar para mais dois ou três à nossa mesa de família, sem embaraço ou ostentação. Alguns alegam ser “demasiado incômodo”. Não o será se dissentes: “Não fizemos nenhum preparativo especial, mas sois bem-vindos a participar do que temos.” Para o hóspede inesperado, um bom acolhimento é muito mais apreciado do que a mais trabalhosa preparação. …

Cristo mantém um relatório de toda despesa contraída por Sua causa. Ele supre tudo quanto é necessário para esta obra. Aqueles que, por amor de Cristo, hospedam seus irmãos, fazendo o possível para tornar a visita proveitosa tanto aos hóspedes como a si mesmos, são registrados no Céu como dignos de bênçãos especiais. Testemunhos Seletos, vol. 2, págs. 569 a 571.

Ao abrirdes a porta aos necessitados e sofredores de Cristo, estais acolhendo anjos invisíveis. Convidais a companhia de seres celestiais. Eles trazem uma sagrada atmosfera de alegria e paz. Vêm com louvores nos lábios, e uma nota correspondente se ouve no Céu. Todo ato de misericórdia promove música ali. O Desejado de Todas as Nações, pág. 639.


CONSIDERAÇÃO PARA COM OS OUTROS – 08 DE JULHO 2018

E, finalmente, sede todos de um mesmo sentimento, compassivos, amando os irmãos, entranhavelmente misericordiosos e afáveis. 1 Pedro 3:8.

O grande apóstolo Paulo estava firme sempre onde o dever e princípio estavam em jogo; pregava a Cristo com grande intrepidez; mas nunca era rude ou indelicado. Tinha um coração terno, e era sempre bondoso e compassivo para com os outros. A cortesia foi um traço marcante de seu caráter, e isto foi o que lhe deu acesso à melhor classe da sociedade. …

Era zeloso da verdade, intrépido na defesa de Cristo; mas a retidão no procedimento, a graça da verdadeira delicadeza, marcaram toda a sua conduta. …

Paulo atraía os corações piedosos onde quer que fosse; seu coração estava ligado ao coração de seus irmãos. Quando se ausentava deles, sabendo com certeza que não lhes veria a face, eles se enchiam de profunda tristeza, e assim insistentemente instavam com ele para que ficasse com eles. Certa feita exclamou: “Que fazeis vós, chorando e magoando-me o coração?” (Atos 21:13). Seu bondoso coração se oprimia ao sentir a tristeza de sua final separação. Eles o amavam, e sentiam que não podiam ficar sem ele. Que cristão não admira o caráter de Paulo? Firme como uma rocha quando em defesa da verdade, era afeiçoado e gentil como uma criança quando rodeado pelos amigos. …

Os professores mais semelhantes a Cristo são aqueles que são os mais bondosos, piedosos e corteses; suas convicções são firmes e seu caráter forte; nada os pode desviar de sua fé ou dissuadi-los de seu dever.

Um cristão cultivará um espírito manso e calmo; será pacífico, considerado, terá um tal temperamento que a doença não o irritará nem o tempo e as circunstâncias o perturbarão. … Os filhos de Deus nunca se esquecem de fazer o bem. … Boas obras são espontâneas neles, pois Deus por Sua graça lhes tem transformado a natureza. Review and Herald, 8 de setembro de 1885.


CORTESIA CRISTÃ – 07 DE JULHO 2018

Como Eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis. João 13:34.

O valor da cortesia é muito pouco apreciado. Muitos que são bondosos de coração não têm amabilidade nas maneiras. Muitos que se impõem ao respeito por sua sinceridade e correção, são lamentavelmente deficientes em simpatia. Esta falta prejudica sua própria felicidade, e afasta de seu serviço a outros. Muitas das mais agradáveis e valiosas experiências da vida são frequentes vezes, por mera falta de lembrança, sacrificadas pelos descorteses. Educação, pág. 240.

As Santas Escrituras apresentam-nos marcantes exemplos do exercício da cortesia. Abraão foi um homem de Deus. Sempre que armava sua tenda imediatamente também construía um altar para sacrificar e convidar a Deus para habitar com ele. Abraão era um homem cortês. Sua vida não foi manchada pelo egoísmo, nem por qualquer condenável traço de caráter que fosse ofensivo à vista de Deus. Testemunhou sua conduta quando na questão da separação de Ló. Ainda que Ló fosse seu sobrinho, e muito mais novo, e a primeira escolha da terra pertencesse a Abraão, sua cortesia levou-o a declinar de seu direito e permitir que Ló escolhesse a parte da terra que parecia mais desejável. Ei-lo dando as boas-vindas aos três desconhecidos no calor do dia e apressando-se para suprir-lhes as necessidades. Observai-o empenhado numa transação comercial com os filhos de Hete, para comprar uma sepultura para Sara. Mesmo em sua aflição não se esqueceu de ser cortês. Inclinou-se diante deles ainda que fosse o nobre de Deus. Abraão sabia o que a genuína polidez significava, e qual o dever do homem para com o seu semelhante. Review and Herald, 8 de setembro de 1885.

Devemos esquecer-nos a nós mesmos, sempre … atentos para observar oportunidades para animar outros, confortando-os em suas tristezas e aliviando-lhes as cargas por mostras de terna bondade e pequenos atos de amor. Essas atenciosas cortesias que, iniciando-se em nossa família, estendem-se até fora do círculo familiar, ajudam a tornar a soma da vida feliz. Mente, Caráter e Personalidade, vol. 1, págs. 85 e 86.


A VERDADEIRA DELICADEZA – 06 DE JULHO 2018

Que a ninguém infamem, nem sejam contenciosos, mas modestos, mostrando toda mansidão para com todos os homens. Tito 3:2.

A essência da verdadeira polidez é a consideração para com os outros. A educação essencial e duradoura é a que alarga a simpatia, favorece a afabilidade universal. Aquela pretensa cultura que não torna o jovem atencioso para com seus pais, fazendo-o apreciador de suas boas qualidades, indulgente para com seus defeitos, e útil às suas necessidades, e que o não torna ponderado e escrupuloso, generoso e útil aos jovens, idosos e infelizes, e também cortês para com todos – é um fracasso.

O verdadeiro requinte nos pensamentos e maneiras aprende-se melhor na escola do divino Mestre do que por qualquer observância de regras estabelecidas. Seu amor, penetrando no coração, dá ao caráter aquele contato purificador que o modela à semelhança do Seu. Esta educação comunica uma dignidade inspirada pelo Céu e um senso das verdadeiras conveniências. Proporciona uma doçura de índole e gentileza de maneiras que nunca poderão ser igualadas pelo verniz superficial dos costumes da sociedade.

A Bíblia recomenda a cortesia, e apresenta muitas ilustrações do espírito abnegado, das graças gentis, do temperamento cativante, que caracteriza a verdadeira polidez. Tais não são senão reflexos do caráter de Cristo. Toda ternura e cortesia verdadeiras no mundo mesmo entre os que não reconhecem o Seu nome, dEle procedem. E Ele deseja que estas características se reflitam perfeitamente nos Seus filhos. É Seu propósito que em nós os homens contemplem Sua beleza. Educação, págs. 241 e 242.

Oh! que suave e bela influência partia da vida diária de nosso Salvador! Que doçura exalava só de Sua presença! … Aqueles em quem Cristo habita, serão circundados duma atmosfera divina. Suas brancas vestes de pureza exalarão o perfume do jardim do Senhor. Maior Discurso de Cristo, pág. 135.


AGRADÁVEIS SÃO AS PALAVRAS ACERTADAS – 05 DE JULHO 2018

Como maçãs de ouro em salvas de prata, assim é a palavra dita a seu tempo. Provérbios 25:11.

Quando em uma festa, Cristo dominava a conversação à mesa e dava muitas lições preciosas. E os que estavam presentes ouviam-nO: pois não havia Ele curado os seus doentes, confortado os tristes dentre eles, tomado nos braços os seus filhos, e os abençoado? Publicanos e pecadores eram atraídos a Ele, e quando falava, tinha a atenção deles sobre Si.

Cristo ensinou os Seus discípulos como conduzir-se quando em companhia de outros. Instruiu-os quanto aos deveres e obrigações da verdadeira vida social, que são as mesmas leis do reino de Deus. Ensinou-lhes pelo exemplo que ao assistir a qualquer reunião pública, não precisavam desejar dizer alguma coisa. Sua conversação diferia profunda e decididamente daquilo que tinha sido ouvido em festas no passado. Cada palavra que proferia era para os Seus ouvintes um cheiro de vida para vida. Falava com clareza e simplicidade. Suas palavras eram “como maçãs de ouro em salvas de prata” (Provérbios 25:11). Review and Herald, 2 de outubro de 1900.

Comunhão com Cristo – quão inexplicavelmente preciosa! Tal comunhão é nosso privilégio ter. … Quando os primeiros discípulos ouviram as palavras de Cristo, sentiram necessidade dEle. Buscaram-nO, acharam-nO e seguiram-nO. Estavam com Ele em casa, à mesa, no culto ou em público. Como alunos com o mestre, recebiam diariamente de Seus lábios lições de santa verdade. Olhavam para Ele como os servos para seu amo. … Serviam-nO alegremente, espontaneamente. …

Grande importância, é ligada a nossas associações. Podemos formar muitas que são agradáveis e ajudam, mas nenhuma é tão preciosa como essa pela qual o homem finito é levado em comunhão com o infinito Deus. Quando assim unidos, as palavras de Cristo permanecem em nós. … O resultado será um coração purificado, uma vida ponderada e um caráter sem defeito. Mas é tão-somente conhecendo a Cristo e a Ele nos associando, que nos podemos tornar semelhantes a Ele, o único Exemplo Irrepreensível. Signs of the Times, 10 de setembro de 1885.


COMPAIXÃO DE TODOS – 04 DE JULHO 2018

Fiz-me como fraco para os fracos, para ganhar os fracos. Fiz-me tudo para todos, para, por todos os meios, chegar a salvar alguns. 1 Coríntios 9:22.

Todos nós devemos estudar cuidadosamente a maneira de nos tornarmos mais úteis e como podemos ser uma bênção para aqueles com quem tratamos. Manuscrito 59, 1897.

Todos os que professam ser filhos de Deus devem ter sempre em mente que, em suas atividades, são missionários colocados em contato com os mais variados tipos de pessoas. Há corteses e rudes, humildes e orgulhosas, religiosas e céticas, instruídas e ignorantes, ricas e pobres. Essas diferentes pessoas não podem ser tratadas da mesma maneira; todas porém carecem de bondade e simpatia. Pelo mútuo contato, nosso espírito deveria tornar-se delicado e refinado. Dependemos uns dos outros, e estamos intimamente unidos pelos laços da fraternidade humana.

É pelas relações sociais que a religião cristã entra em contato com o mundo. Cada homem ou mulher que recebeu a iluminação divina deve derramar luz na senda tenebrosa dos que não conhecem o melhor caminho. A Ciência do Bom Viver, págs. 495 e 496.

Devemos confessar a Cristo aberta e destemidamente, exibindo em nosso caráter a Sua mansidão, humildade e amor, até que os homens sejam fascinados pela beleza da santidade. Conselhos Sobre Saúde, pág. 400.

A influência social, santificada pelo Espírito de Cristo, deve desenvolver-se na condução de almas para o Salvador. … Devemos ter Cristo em nós como uma fonte de água, que corre para a vida eterna, refrescando a todos os que entram em contato conosco. A Ciência do Bom Viver, pág. 496.


AMAR IGUALMENTE AMIGOS E INIMIGOS – 03 DE JULHO 2018

Qual, pois, destes três te parece que foi o próximo daquele que caiu nas mãos dos salteadores? E ele disse: O que usou de misericórdia para com ele. Disse, pois, Jesus: Vai e faze da mesma maneira. Lucas 10:36 e 37.

Cristo veio derrubar todo muro de separação. Veio mostrar que Seu dom de misericórdia e amor é tão ilimitado como o ar, a luz ou a chuva que refrigera a terra. … Não fazia diferença alguma entre vizinhos e estranhos, amigos e inimigos. …

Não passava nenhum ser humano por alto como indigno. … Em qualquer companhia em que Se encontrasse, apresentava uma lição adequada ao tempo e às circunstâncias. Cada negligência ou insulto da parte de alguém para com seu semelhante servia apenas para fazê-Lo mais consciente da necessidade que tinham de Sua simpatia divino-humana. Procurava inspirar esperança aos mais rudes e menos promissores, prometendo-lhes a certeza de que haveriam de tornar-se irrepreensíveis e inocentes, alcançando um caráter que manifestaria serem filhos de Deus.

Muitas vezes Jesus encontrava pessoas que haviam caído no poder de Satanás e que não tinham forças para romper os laços. A essas criaturas, desanimadas, doentes, tentadas, caídas, costumava dirigir palavras da mais terna piedade, palavras adequadas e que podiam ser compreendidas. Quando encontrava pessoas empenhadas numa luta renhida com o adversário das almas, Ele as animava a perseverar, assegurando-lhes que haviam de triunfar. …

À mesa dos publicanos Ele Se sentava como hóspede de honra, mostrando por Sua simpatia e benevolência social que reconhecia a dignidade humana; e os homens anelavam tornar-se dignos de Sua confiança. …

Conquanto fosse judeu, Jesus Se associava sem reserva com os samaritanos. … Dormia com eles sob seu teto, comia à mesa deles – compartilhando da comida preparada e servida por suas mãos – ensinava em suas ruas e tratava-os com a maior bondade e cortesia. Enquanto lhes atraía o coração pelos laços de humana simpatia, Sua divina graça levava-lhes a salvação que os judeus rejeitavam. A Ciência do Bom Viver, págs. 25 e 26.


AMAR OS OUTROS COMO JESUS AMOU – 02 DE JULHO 2018

O Meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como Eu vos amei. João 15:12.

Cristo exemplificava em Seu viver, Seus próprios ensinos divinos. Seu zelo nunca O levou à paixão. Manifestava consistência sem obstinação, benevolência sem fraqueza, ternura e simpatia sem sentimentalismo. Foi altamente sociável, ainda que tomado de uma reservada dignidade que não O levava a indevidas familiaridades. Sua temperança jamais O conduziu à superstição ou à austeridade. Não Se conformava com este mundo ainda que não fosse indiferente para com os desejos do mais humilde dos homens. Atentava sempre para a necessidade de todos. Manuscrito 132, 1902.

Desde os mais tenros anos, Cristo viveu uma vida que foi um perfeito modelo de humildade, operosidade e obediência. Foi sempre ponderado e considerava os outros, sempre demonstrando espírito de renúncia e desprendimento. …

A vida desprendida de Cristo é um exemplo para todos. Seu caráter é um modelo do caráter que devemos formar se é que andamos em Seus passos. Manuscrito 108, 1903.

O tato e o critério centuplicam a utilidade do obreiro. Se profere as palavras convenientes no tempo oportuno, e manifesta o devido espírito, isso terá no coração daquele que ele está procurando ajudar, uma influência capaz de o comover. Obreiros Evangélicos, pág. 119.

Aqueles que diferem de nós na fé e doutrina devem ser tratados bondosamente. São propriedade de Cristo, e com eles devemos encontrar-nos no grande dia do juízo. Teremos de enfrentar-nos uns aos outros no julgamento, e esperar o relatório de nossos pensamentos, palavras e atos, não como pareceram, mas como o foram realmente. Deus tem colocado sobre nós o dever de amarmos uns aos outros como Cristo nos amou. The Youth’s Instructor, 9 de dezembro de 1897.


JESUS, EXEMPLO DE SOCIABILIDADE – 01 DE JULHO 2018

E, ao terceiro dia, fizeram-se umas bodas em Caná da Galileia; e estava ali a mãe de Jesus. E foram também convidado Jesus e os Seus discípulos para as bodas. João 2:1 e 2.

Realizar-se-ia um casamento em Caná da Galiléia. Os nubentes eram parentes de José e Maria. Cristo sabia desta reunião familiar e que muitas pessoas influentes estariam presentes, de modo que em companhia de Seus discípulos, dirigiu-Se para Caná. Tão logo os familiares dos noivos souberam da presença de Jesus em Caná, enviaram-Lhe especial convite. …

Ele satisfez aquela mista assembléia ali reunida em festa, e, se bem que nenhuma sombra de leviana mundanidade mareasse Sua conduta, Ele sancionou com Sua presença aquela festa social.

Eis aqui uma lição para os seguidores de Cristo de todos os tempos, no sentido de não se excluírem da sociedade, renunciando toda comunhão social e buscando o isolamento de seus semelhantes. A fim de alcançar as classes, devemos reunir-nos onde elas estão; pois raramente nos procurarão de espontânea vontade. Não só do púlpito são os corações tocados pela divina verdade. Cristo despertava seus interesses indo ter com eles, desejoso de fazer-lhes bem. Buscava-os em suas atividades diárias e manifestava sincero interesse em seus afazeres temporais. Levava Seus ensinos aos lares do povo, reunindo no seio das próprias famílias as pessoas sob a influência de Sua divina presença. …

Jesus condenava a intemperança, a condescendência própria e a leviandade; era, no entanto, social por Sua natureza. Aceitava convites para jantares tanto dos nobres e eruditos como dos pobres e humildes. … Não permitia cenas de dissipação e galhofas, ainda que gostasse dos inocentes divertimentos. Um casamento judeu era uma festa solene e comovente, cujo prazer e alegria não foram desapreciados pelo Filho do homem. Signs of the Times, 22 de novembro de 1877.


JULHO 2018


NÃO DUVIDAR – 30 DE JUNHO 2018

E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados por Seu decreto. Romanos 8:28.

Ao sobrevirem provações, lembrai-vos de que são enviadas para o vosso bem. … Ao virem provações e tribulações sabeis que são enviadas a fim de que possais receber do Senhor da glória renovada força e aumentada humildade, de maneira que Ele possa seguramente vos abençoar, suster e elevar. Com fé e com esperança firmai-vos nas promessas de Deus.

Oh, como é bom para conosco o Senhor, e com que segurança podemos confiar num Pai amante! Seu desejo é que os brilhantes raios de Sua justiça irradiem de nossa face e em nossas palavras e atos. Se nos amarmos uns aos outros como Cristo nos tem amado, as barreiras que nos separam de Deus e uns dos outros serão derrubadas, e muitos obstáculos que impedem que o Espírito Santo flua de coração a coração serão removidos. … Confiai nEle de todo o vosso coração. Ele vos transportará a vós e as vossas cargas. Carta 13, 1904.

É desígnio do Senhor que Seu povo seja feliz, e Ele abre diante de nós uma após outra, fontes de consolo, nas quais podemos nos encher de alegria e paz em meio às experiências presentes. Não devemos esperar até que entremos no Céu para sentirmos alegria, conforto e regozijo. Devemos desfrutá-los já nesta vida. … Perdemos muito porque não desfrutamos as bênçãos que podem ser nossas em nossas próprias aflições. Todos os nossos sofrimentos e tristezas, todas as nossas tentações e provações, todas as nossas amarguras e todos os dissabores, todas as nossas perseguições e privações, e em síntese todas as coisas, atuam juntamente para o nosso bem. … Todas as experiências e circunstâncias são obreiras de Deus para que o bem nos seja trazido. Olhemos a claridade que está atrás da nuvem. Review and Herald, 27 de fevereiro de 1894.

Nossa felicidade não vem das coisas que estão ao nosso redor, mas do que está dentro de nós; não do que temos, mas do que devemos ter. The Youth’s Instructor, 23 de janeiro de 1902.


O TEMER – 29 DE JUNHO 2018

Não temas, porque Eu te remi; chamei-te pelo teu nome; tu és Meu. Isaías 43:1.

Muitas de nossas provações são tais que parecem quase insuportáveis, e sem auxílio de Deus o seriam realmente. A menos que nos apoiemos nEle desfaleceremos sob o fardo de responsabilidades que trazem somente tristeza e aflição. Mas se fizermos de Cristo o nosso arrimo, não sucumbiremos. Quando tudo parece obscuro e inexplicável devemos confiar em Seu amor; devemos repetir as palavras que Cristo proferiu: “O que Eu faço não sabeis agora; mas sabereis depois”. …

Não sintais como se Jesus ainda estivesse na tumba de José, e uma grande pedra posta sobre a entrada. … Na prova de vossa fé mostrai que sabeis que tendes um Salvador ressuscitado. Alguém que faz intercessão por vós e vos ama. …

A Bíblia coloca a responsabilidade de nossa felicidade sobre nós mesmos. Devemos olhar a luz da vida. Nossa utilidade depende de nosso próprio modo de proceder. Carta 33, 1895.

Somos tão ansiosos, todos nós, pela posse da felicidade, mas muitos raro a encontram por causa de seus métodos falhos de buscá-la, em vez de lutar. Temos de lutar muito fervorosamente, e misturar todos os nossos desejos com fé. Então a felicidade sobrevirá como de improviso, sem quase a buscarmos. … Quando podemos, não obstante as circunstâncias desagradáveis, descansar confiantemente em Seu amor, encerrando-nos no recinto com Ele, descansando pacificamente em Seu amor, o senso de Sua presença inspirará uma alegria profunda e tranquila. Esta experiência nos confere uma fé que nos habilita a não nos agitar, não nos acabrunhar, mas a confiar num poder que é infinito. Mente, Caráter e Personalidade, vol. 2, pág. 472.

Teremos conosco o poder do Altíssimo. … Jesus permanece ao nosso lado. … Ao sobrevirem as provações, vem com elas o poder de Deus. Review and Herald, 29 de abril de 1890.


NÃO CHORAR – 28 DE JUNHO 2018

Por que choras? João 20:15.

[Os discípulos] repetiam muitas vezes as palavras: “E nós esperávamos que fosse Ele o que remisse Israel” (Lucas 24:21). Sentindo-se tão sós e tão repassados de dor, lembraram as Suas palavras: “Se ao madeiro verde fazem isto, que se fará ao seco?” (Lucas 23:31). Reuniram-se no cenáculo e fecharam bem as portas, sabendo que a sorte de seu amado Mestre poderia a qualquer momento ser a deles mesmos.

E todo esse tempo se poderiam estar regozijando no conhecimento de um Salvador ressuscitado! No horto, Maria estivera chorando, quando Jesus Se achava mesmo junto dela. Tão cegados tinha os olhos pelas lágrimas, que O não distinguira. E o coração dos discípulos estava tão cheio de pesar, que não creram na mensagem do anjo, nem nas palavras do próprio Cristo.

Quantos estão a fazer ainda o que fizeram esses discípulos! Quantos se fazem eco do desalentado lamento de Maria: “Levaram o Senhor, … e não sabemos onde O puseram!” A quantos se poderiam dirigir as palavras do Senhor: “Por que choras? Quem buscas?” (João 20:13 e 15). Ele lhes está tão próximo, mas seus olhos cegados pelo pranto O não distinguem. Fala-lhes, mas não compreendem.

Oh! que a pendida cabeça se erguesse, que os olhos se abrissem para vê-Lo, que os ouvidos Lhe escutassem a voz! “Ide pois, imediatamente, e dizei aos Seus discípulos que já ressuscitou” (Mateus 28:7). … Não vos lamenteis como os que se acham sem esperança e desamparados. Jesus vive, e porque Ele vive, nós também viveremos. De corações agradecidos, de lábios tocados com o fogo sagrado, ressoe o alegre cântico: Cristo ressurgiu! Ele vive para fazer intercessão por nós. Apegai-vos a essa esperança, e ela vos firmará a alma qual âncora segura e provada. Crede, e vereis a glória de Deus. O Desejado de Todas as Nações, pág. 794


CONFIANÇA SIGNIFICA SEGURANÇA – 27 DE JUNHO 2018

Na verdade, nunca será abalado; o justo ficará em memória eterna. Não temerá maus rumores; o seu coração está firme, confiando no Senhor. Salmos 112:6 e 7.

Deus deu em Sua Palavra evidência bastante do caráter divino da mesma. As grandes verdades que dizem respeito à nossa redenção, estão claramente apresentadas. Pelo auxílio do Espírito Santo, que é prometido a todos os que O buscam com sinceridade, cada qual pode compreender por si estas verdades. Deus concedeu aos homens um firme fundamento sobre que repousar a fé.

Contudo, a mente finita dos homens não está adaptada a compreender completamente os planos e propósitos do Ser infinito. … Não devemos tentar erguer com mãos presunçosas o véu com o qual Ele vela Sua majestade. O apóstolo exclama: “Quão insondáveis são os Seus juízos, e quão inescrutáveis os Seus caminhos!” (Romanos 11:33). Podemos compreender Seu trato para conosco e os motivos que O movem até ao ponto em que nos é possível discernir o amor e a misericórdia ilimitados em união com o poder infinito. Nosso Pai celestial tudo determina em sabedoria e justiça, e não devemos estar descontentes e destituídos de confiança, antes curvar-nos em submissão reverente. De seus propósitos Ele nos revelará tanto quanto é para o nosso bem saber, e, além disto, devemos confiar na Mão que é onipotente, no Coração que está repleto de amor.

Ao mesmo tempo em que Deus deu prova ampla para a fé, nunca removeu toda desculpa para a descrença. Todos os que buscam ganchos em que pendurar suas dúvidas, encontrá-los-ão. …

A desconfiança em Deus é produto natural do coração não renovado, que está em inimizade com Ele. A fé, porém, é inspirada pelo Espírito Santo, e unicamente florescerá à medida que for acalentada. Ninguém se pode tornar forte na fé sem esforço decidido. O Grande Conflito, págs. 526 e 527.


PAZ PERFEITA – 26 DE JUNHO 2018

Tu conservarás em paz aquele cuja mente está firme em Ti; porque ele confia em Ti. Isaías 26:3.

Muitos há cujo coração geme sob o fardo do cuidado, porque procuram atingir a norma do mundo. Preferiram-lhe o serviço, aceitaram-lhe as perplexidades, adotaram-lhe os costumes. Assim, é manchado o seu caráter, e seu viver se torna uma fadiga. Para satisfazer a ambição e os desejos mundanos, ferem a consciência e trazem sobre si mesmos um fardo adicional de remorso. A contínua ansiedade está consumindo as energias vitais. Nosso Senhor deseja que ponham de lado esse jugo de servidão. Convida-os a aceitar o Seu jugo; e diz: “Meu jugo é suave e o Meu fardo é leve” (Mateus 11:30). Manda-lhes que busquem primeiro o reino de Deus e Sua justiça, e promete que todas as coisas necessárias a esta vida lhes serão acrescentadas. A ansiedade é cega, e não pode discernir o futuro; mas Jesus vê o fim desde o começo. Em toda dificuldade tem Ele um meio preparado para trazer alívio. Nosso Pai celestial tem mil modos de providenciar em nosso favor, modos de que nada sabemos. Os que aceitam como único princípio tornar o serviço e a honra de Deus o supremo objetivo, hão de ver desvanecidas as perplexidades, e uma estrada plana diante de seus pés. …

No coração de Cristo, onde reinava perfeita harmonia com Deus, havia paz perfeita. Nunca Se exaltou por aplauso, nem ficou abatido por censuras ou decepções. Entre as maiores oposições e o mais cruel tratamento, ainda Ele estava de bom ânimo. O Desejado de Todas as Nações, pág. 330.

A verdadeira felicidade é encontrada… aprendendo de Cristo. … Aqueles que tomam a Cristo em Sua palavra e rendem o espírito ao Seu cuidado, sua vida à Sua ordem, encontrarão paz e quietude. Nada do mundo os pode entristecer quando Jesus os alegra com Sua presença. Signs of the Times, 13 de janeiro de 1904.

É o amor de si mesmo que traz desassossego. O Desejado de Todas as Nações, pág. 330.


NADA QUE OFENDA – 25 DE JUNHO 2018

Porque quem quer amar a vida e ver os dias bons, refreie a sua língua do mal, e os seus lábios não falem engano; aparte-se do mal e faça o bem; busque a paz e siga-a. 1Pedro 3:10 e 11.

Se os lábios estiverem constantemente guardados de maneira que malícia alguma os corrompa, quanta miséria, sofrimento e degradação serão evitados. Se não dissermos nada que ofenda ou agrave, exceto em necessária reprovação ao pecado, que não desonre a Deus, quanta desinteligência, amargura e angústia serão evitadas. Se falarmos palavras de prazer, de esperança e fé em Deus, quanta luz poderemos fazer incidir sobre o caminho dos outros, e que se refletirá mais brilhante ainda em nossa própria vida! … O plano de salvação, conforme está revelado nas Escrituras Sagradas, abre um caminho pelo qual o homem pode manter a felicidade e prolongar seus dias na Terra e ainda desfrutar o Céu e garantir a vida futura, que se equipara à vida de Deus. Review and Herald, 16 de outubro de 1883.

Muitas pessoas se queixam da Providência por causa do desconforto e transtornos que sofrem, quando isso é o resultado certo de seu próprio procedimento. Parecem sentir que são maltratados por Deus, quando são eles mesmos os únicos responsáveis pelos males que sofrem. Nosso bondoso e misericordioso Pai estabeleceu leis, as quais, obedecidas, promoverão saúde física, mental e moral. …

Deus requer que submetamos nossa própria vontade à Sua; mas não nos pede coisa alguma que seria para o nosso bem reter. Ninguém pode ser feliz enquanto devota a vida à satisfação de seu egoísmo. O procedimento de obediência a Deus é o mais sábio para se fazer; pois traz contentamento, paz e felicidade como resultado certo. …

Se os homens se colocarem em correta relação para com Deus, seguindo os conselhos de Sua Palavra, escaparão a inumeráveis perigos e experimentarão uma paz e contentamento que farão da vida mais uma alegria que um fardo. Review and Herald, 16 de outubro de 1883.


“AMAI-VOS UNS AOS OUTROS” – 24 DE JUNHO 2018

Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor procede de Deus; e todo aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. 1João 4:7.

Do ponto de vista cristão o amor é poder. Há envolvida neste princípio força intelectual e espiritual. O amor puro tem especial eficácia para o bem, e não pode fazer senão o bem. Ele previne a discórdia e o sofrimento e leva à verdadeira felicidade. A riqueza é não raro uma influência corruptora e destruidora; a força é forte para ferir; mas a verdade e a bondade são propriedades do puro amor. O Lar Adventista, pág. 195.

O homem em paz com Deus e com seu semelhante não pode ser miserável. A inveja não estará em seu coração; a suspeita do mal não encontrará guarida nele; o ódio não pode nele existir. O coração em harmonia com Deus eleva-se acima dos preconceitos e provações desta vida. Testemunhos Para a Igreja, vol. 5, pág. 488.

O que Satanás planta no coração – ruins suspeitas, inveja, ciúmes, maledicência, impaciência, preconceito, egoísmo e cobiça – devem ser desarraigados. Se se permite que essas más qualidades permaneçam na alma, produzirão frutos pelos quais muitos serão corrompidos. Oh, quantos cultivam as venenosas plantas que matam os preciosos frutos do amor e debilitam a alma! O Lar Adventista, pág. 196.

Unicamente o amor que origina-se no coração de Cristo, pode curar. Unicamente Aquele, em quem flui esse amor, assim como faz a seiva na árvore e o sangue no corpo, poderá restaurar o coração ferido.

O poder do amor possui força maravilhosa, porquanto é divino. “A resposta branda desvia o furor” (Provérbios 15:1), “o amor é paciente, é benigno” (1Coríntios 13:4); “o amor cobre multidão de pecados” (1Pedro 4:8) – sim, se aprendêssemos nessas lições, quão grande não seria o poder para curar de que seríamos dotados! Como se transformaria a vida, e a Terra se tornaria a própria semelhança e antegozo do Céu! Educação, pág. 114


BONDADE, O DISTINTIVO DO CRISTÃO – 23 DE JUNHO 2018

Fala com sabedoria, e a instrução da bondade está na sua língua. Provérbios 31:26.

Vossa influência alcança o ser humano. … É vosso dever ser cristão no mais alto sentido da palavra – “igual a Cristo”. É através das invisíveis linhas que vos ligam a outras pessoas com as quais entrais em contato que podeis, se estais em constante comunhão com Deus, deixar impressões que vos tornarão um cheiro de vida para a vida. De outro lado, se sois egoístas, orgulhosos, mundanos, não importa a qual tenha sido a vossa experiência, ou quanto sabeis, se não tendes nos lábios a lei da bondade, a doce fragrância do amor que exala do coração, nada podeis fazer do que deve ser feito. Carta 37, 1891.

Bondade, amor e cortesia são as marcas do cristão. … Em vossa associação com os outros tende sempre em mente que na vida deles há capítulos que estão ocultos aos olhos mortais; há histórias tristes escritas nos livros do Céu, mas inviolavelmente ocultas aos olhos humanos. Foram há muito registradas, duras batalhas com circunstâncias adversas, surgidas no próprio lar, que dia a dia destroem a coragem, a fé, a confiança, até que a própria humanidade parece cair em ruínas. Mas Jesus tudo sabe, e nunca esquece. Para tais pessoas, palavras de bondade e de afeto são tão apreciadas como o sorriso dos anjos; a mão auxiliadora de um verdadeiro amigo, quando estendida, é de muito mais valor do que o ouro e a prata. Carta 16, 1886.

A expressão verdadeira e honesta de uma irmã, ou irmão, ou amigo, manifestada com genuína simplicidade, tem o poder de abrir a porta dos corações que necessitam da fragrância de palavras como as de Cristo e do simples e delicado toque do espírito do amor de Cristo. Manuscrito 61, 1900.


CORAÇÃO ALEGRE – 22 DE JUNHO 2018

O coração alegre aformoseia o rosto, mas, pela dor do coração, o espírito se abate. Provérbios 15:13.

Se estais opressos e cansados, não necessitais de contorcer-vos como folhas sobre um galho agitado. Alegria e consciência limpa são melhores que remédios, e serão um agente eficiente na restauração da saúde. …

Saí para fora das portas, ao ar livre, tanto quanto possível, e sereis beneficiados com a brisa e a luz do Sol. Que o cântico dos pássaros e as belezas da natureza despertem no coração santos e agradáveis sentimentos, e vos levem a adorar o Criador que tem antecipado vossos desejos circundando-vos de inumeráveis indícios de Seu amor e cuidado constante. …

Mantende um ideal na vida. Acumulai sobre vós raios de Sol e não nuvens. Procurai ser uma flor bela e viçosa no jardim de Deus, espalhando fragrância aos que vos cercam. Fazei isto e não morrereis um nada mais cedo; mas encurtareis vossos dias certamente sendo infelizes e murmurando. …

Podai de vossa vida toda folha amarelecida e ramos emurchecidos e manifestai somente frescor e viço. The Health Reformer, junho de 1871.

A alegria do cristão advém da consideração das grandes bênçãos que desfrutamos por sermos filhos de Deus. “Portanto, meus amados e mui queridos irmãos, minha alegria e coroa, estai assim firmes no Senhor, amados” (Filipenses 4:1). A alegria ilumina a mente e o coração exulta pela segurança que temos da reconciliação com Deus, e a esperança que temos da vida eterna por Cristo, e o prazer de abençoar a outros, são alegrias que não trazem consigo tristezas. Carta 28, 1897.

Os cristãos devem ser o povo mais alegre e feliz. Review and Herald, 25 de julho de 1871.


PAZ E CONFIANÇA – 21 DE  JUNHO 2018

E o efeito da justiça será paz, e a operação da justiça, repouso e segurança, para sempre. Isaías 32:17.

Os verdadeiros princípios de psicologia encontram-se nas Escrituras Sagradas. O homem não reconhece seu próprio valor. Ele age de acordo com o seu inconfesso temperamento do caráter porque não olha para Jesus, Autor e Consumador de sua fé. Aquele que vai ter com Jesus, aquele que nEle crê e faz dEle seu exemplo, compreende o sentido das palavras: “A todos quantos O receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus” (João 1:12). …

Os que experimentam a verdadeira conversão hão de reconhecer, com aguda percepção, a sua responsabilidade para com Deus, de operar sua salvação com temor e tremor – sua responsabilidade de tornar completo seu restabelecimento da lepra do pecado. Semelhante realização os levará a, humilde e confiantemente, pôr sua confiança em Deus. Mente, Caráter e Personalidade, vol. 1, pág. 10.

Ter a consciência de que os olhos do Senhor estão sobre nós, e de que os Seus ouvidos estão atentos às nossas orações, é realmente uma satisfação. Saber que temos um Amigo que jamais falha, a quem podemos confiar todos os segredos da alma, é uma felicidade que as palavras jamais podem expressar. Conselhos Sobre Saúde, pág. 628.

Homens e mulheres que se alegram na religião de Jesus Cristo não são impertinentes, descontentes, mutáveis; a paz de Cristo no coração dá-lhes caráter sólido. Carta, 1888.

Não deveis deixar que coisa alguma prive a alma da paz, do descanso, da certeza de que sois aceitos agora mesmo. Apropriai-vos de toda promessa; são todas vossas, desde que concordeis com os termos prescritos. Total submissão do próprio eu, e aceitação dos caminhos de Cristo, eis o segredo do perfeito descanso em Seu amor. E Recebereis Poder, pág. 297 – Meditação Matinal de 15/10/1999.

A pessoa consagrada ao serviço de Cristo tem uma paz que o mundo não pode dar nem tomar. Review and Herald, 27 de novembro de 1894.


AS BELEZAS DA NATUREZA – 20 DE JUNHO 2018

Grandes são as obras do Senhor, procuradas por todos os que nelas tomam prazer. Fez lembradas as Suas maravilhas; piedoso e misericordioso é o Senhor. Salmos 111:2 e 4.

Deus, que fez o lar edênico de nossos primeiros pais tão maravilhosamente belo, deu também as nobres árvores, as lindas flores e tudo que é agradável na natureza para nossa felicidade. Mensagens aos Jovens, pág. 365.

Para onde quer que nos volvamos, vemos traços da primitiva beleza; ouvimos, para onde quer que nos tornemos, a voz de Deus, e contemplamos-Lhe a obra das mãos. Conselhos aos Pais, Professores e Estudantes, pág. 54.

Dez mil vozes da natureza falam em Seu louvor. Na terra, no ar e céu, com suas maravilhosas tintas e colorações variantes de magnífico contraste ou levemente confundidas em harmonia, observamos Sua glória. As eternas montanhas dizem-nos de Seu poder. As árvores agitam suas verdejantes copas à luz do Sol, e apontam para seu Criador. As flores que embelezam a Terra com sua beleza, segredam-nos recordações do Éden e fazem-nos desejar suas belezas indescritíveis. A verde relva que atapeta a terra fala-nos do cuidado de Deus pela mais humilde de Suas criaturas. As cavernas do mar e os abismos da terra revelam Seus tesouros. Aquele que colocou as pérolas no oceano e a ametista e o crisólito nas rochas, é um amante do belo. O Sol que brilha no firmamento é um representante de Deus, o qual é a luz e a vida de tudo que criou. Toda luz e beleza que adornam a Terra e iluminam em cima os Céus falam de Deus.

Alegrando-nos com todos esses dons, esqueceremos o Doador? Oxalá toda essa beleza de nosso lar terrestre nos faça lembrar o rio de cristal e os verdes campos, as árvores que balançam e as fontes vivas, a cidade resplendente e os cantores vestidos de branco, de nosso lar celestial – esse mundo de belezas que artista nenhum pode pintar e língua nenhuma descrever. Good Health, agosto de 1882.


CANTEMOS, E O MUNDO CANTARÁ CONOSCO – 19 DE JUNHO 2018

E pôs um novo cântico na minha boca, um hino ao nosso Deus; muitos o verão, e temerão, e confiarão no Senhor. Salmos 40:3.

Deus quer que sejamos felizes. Deseja pôr-nos nos lábios um novo cântico, um cântico de louvor ao nosso Deus. Ele quer que creiamos que Ele nos perdoa os pecados e purifica a injustiça. Quer que em nosso coração haja melodia para Ele. …

Que cada palavra que proferimos, cada linha que escrevemos, seja carregada de ânimo e inabalável fé. … Não penseis que Jesus é apenas Salvador de vosso irmão. Ele é vosso Salvador pessoal. Se mantiverdes este precioso pensamento… haverá em vosso espírito melodia para Deus. E nosso privilégio vencer em Deus. É nosso privilégio conduzir outros para verem que sua única esperança está em Deus, e recorrer a Ele em busca de refúgio.

Todo ato de consagração a Deus traz alegria; pois quanto mais apreciamos a luz que Ele nos concede, mais e maior luz virá. Devemos… abrir o coração aos brilhantes raios do Sol da Justiça. Há paz na perfeita submissão. The Youth’s Instructor, 27 de dezembro de 1900.

Deixai que a paz de Deus reine em vossa alma. Então tereis força para suportar todos os vossos sofrimentos, e vos alegrareis de terdes graça para resistir. Louvai ao Senhor; falai de Sua bondade, falai de Seu poder. Suavizai a atmosfera que circunda vossa vida. … Louvai-O com o coração, com a voz, com todo o ser. … Louvai Aquele que é a luz de vosso semblante e vosso Deus. Mensagens Escolhidas, vol. 2, pág. 267.

Que o louvor e ações de graças sejam expressos em cânticos. Quando tentados, em lugar de dar expressão a nossos sentimentos, ergamos pela fé um hino de graças a Deus. … O canto é uma arma que podemos empregar sempre contra o desânimo. Ao abrirmos assim o coração à luz da presença do Salvador, teremos… Sua bênção. A Ciência do Bom Viver, pág. 254.


AMOR MÚTUO – 18 DE JUNHO 2018

Se amarmos uns aos outros, Deus permanece em nós, e o Seu amor é, em nós, aperfeiçoado. 1 João 4:12.

Tornai a atmosfera de vosso lar fragrante de terna meditação. Carta 18b, 1891.

O lar deve ser o centro do amor mais puro e da mais elevada afeição. Paz, harmonia, afeição e felicidade devem ser perseverantemente acariciadas cada dia, até que essas preciosas virtudes habitem no coração dos que compõem a família. O Lar Adventista, pág. 195.

A razão por que há tantos homens e mulheres desapiedados em nosso mundo é que a verdadeira afeição tem sido considerada fraqueza e tem sido desestimulada e reprimida. A melhor parte da natureza das pessoas dessa espécie foi pervertida e danificada na infância, e a não ser que raios de divina luz dissolvam o gelo do coração egoísta, a felicidade dessas pessoas estará perdida para sempre. Se quisermos ter coração terno, como o tinha Jesus quando andou na Terra, e santificada simpatia, como os anjos têm pelos mortais pecadores, precisamos então cultivar a simpatia da infância, que é simples. Testemunhos Para a Igreja, vol. 3, págs. 539.

Elogiai vossos filhos sempre que o possais. Tornai sua vida tão feliz quanto possível. … Conservai macio o terreno do coração, por meio da manifestação de amor e afeto, preparando-o assim para a semente da verdade. … O Senhor dá à terra não somente nuvens e chuva, mas a linda e risonha luz solar, fazendo com que a semente germine e apareçam as flores. Conselhos aos Pais, Professores e Estudantes, pág. 114.

Um olhar de aprovação e uma palavra de ânimo ou louvor, serão como um raio de sol em seu coraçãozinho tornando-os às vezes felizes o dia inteiro. A Ciência do Bom Viver, pág. 388.

A felicidade do marido e dos filhos deve ser mais sagrada a toda esposa e mãe que a de todos os outros. O Lar Adventista, pág. 253.


FIDELIDADE EM COISAS PEQUENAS – 17 DE JUNHO 2018

Apanhai-me as raposas, as raposinhas, que fazem mal às vinhas. Cantares 2:15.

Assim, de muitas maneiras, a felicidade da vida liga-se à fidelidade para com os deveres comuns. Educação, pág. 216.

É a negligência das coisas pequenas, as ninharias, que envenenam a felicidade da vida. A fiel execução das coisas pequenas compõe a soma de felicidade a ser obtida nesta vida. Aquele que é fiel no pouco é fiel também no muito. O que é infiel ou injusto no mínimo sê-lo-á no máximo. Testemunhos Para a Igreja, vol.2, pág. 700.

Enquanto a irmã não puder lançar mão desses deveres satisfeita e feliz, não está apta para deveres maiores e mais elevados. As humildes tarefas que estão diante de nós, devem ser executadas por alguém; os que as fazem devem sentir estarem realizando uma obra necessária e honrosa, e que em sua missão, por humilde que seja, estão fazendo a obra de Deus, tão certo como o estava Gabriel quando enviado aos profetas. Testemunhos Seletos, vol. 1, págs. 297 e 298.

São as pequenas coisas da vida que desenvolvem o espírito e determinam o caráter. … Em palavras, entonação da voz, gestos, olhares, podeis representar o espírito de Jesus. Aquele que negligencia estas pequenas coisas, e se vangloria de estar pronto para fazer maravilhas para o Mestre, está em perigo de cair. A vida não é feita de grandes sacrifícios e realizações maravilhosas, mas de pequenas coisas. Carta 16, 1886.

Examinai ao microscópio as menores e mais comuns das flores que ficam ao lado do caminho, e notai em todas as suas partes delicada beleza e perfeição. Da mesma maneira a verdadeira excelência pode ser encontrada na menor atividade. As tarefas mais comuns, exercidas com amorosa fidelidade, são belas à vista de Deus. Educação, pág. 114.

As pequeninas atenções, os pequenos atos de amor e sacrifício, os quais exalam da vida tão suavemente como o aroma se desprende da flor – constituem parte importante das bênçãos e felicidade da vida. O Maior Discurso de Cristo, pág. 82.


AÇÕES DE GRAÇA E LOUVOR – 16 DE JUNHO 2018

Entrai pelas portas dEle com louvor e em seus átrios, com hinos; louvai-O e bendizei o Seu nome. Salmos 100:4.

Se consagrarmos o coração e a mente ao serviço de Deus, fazendo a obra que Ele nos incumbiu de fazer, e andando nos passos de Jesus, nosso coração se tornará numa harpa sagrada, cujas cordas todas louvam e agradecem ao Cordeiro enviado de Deus para tirar os pecados do mundo. …

Cristo manterá nossos pensamentos centralizados em Si. … Desviai o olhar de vós mesmos, para Jesus Cristo, a vida de toda bênção, toda graça, a vida de tudo que é precioso e de valor para os filhos de Deus. …

O Senhor Jesus é nossa força e felicidade, o grande celeiro do qual, em qualquer ocasião, os homens podem tirar força. Ao estudá-Lo, ao falar dEle, tornamo-nos mais e mais capacitados para imitá-Lo – à medida que nos aproveitamos de Sua graça e recebemos as bênçãos que nos oferece, temos alguma coisa com que auxiliar a outros. Cheios de gratidão, comunicamos aos outros as bênçãos que de graça nos têm sido concedidas. Assim recebendo e repartindo, crescemos em graça; e uma rica torrente de louvor e gratidão constantemente flui de nossos lábios; o doce espírito de Jesus inflama de gratidão o coração, e eleva-nos com o senso de segurança. A infalível e inesgotável justiça de Cristo torna-se, pela fé, nossa justiça. Signs of the Times, 22 de outubro de 1896.

Que as novas bênçãos de cada dia nos despertem no coração louvor por esses testemunhos de Seu amoroso cuidado. Quando abris os olhos pela manhã, dai graças a Deus por vos haver guardado durante a noite. Agradecei-Lhe pela paz que tendes no coração. …

Os anjos de Deus, milhares de milhares, e miríades de miríades, são comissionados a ministrar aos que hão de herdar a salvação. Eles nos guardam do mal, e repelem os poderes das trevas que nos estão procurando destruir. Não temos nós motivo de ser a todo momento agradecidos, mesmo quando existem aparentes dificuldades em nosso caminho? A Ciência do Bom Viver, págs. 253 e 254.


GRATIDÃO – 15 DE JUNHO 2018

Cantarei ao Senhor, porquanto me tem feito muito bem. Salmos 13:6.

Todo desejo terrestre pode ser satisfeito, e mesmo assim os homens passam por alto como o fizeram os leprosos ingratos que foram curados de sua doença abominável. Esses leprosos haviam sido curados por Cristo, e as partes que haviam sido destruídas pela doença, Cristo as havia restaurado; mas um somente, vendo-se perfeito, voltou, dando glória a Deus. … A lição que é lembrada concernente aos dez leprosos deve despertar em todo coração o mais fervoroso desejo de mudar a ordem de uma vida de ingratidão, para a de louvor e gratidão. Que o professo povo de Deus pare de murmurar e queixar-se! Lembremo-nos dAquele que é o primeiro grande Doador de todas as nossas bênçãos. Somos alimentados, e vestidos, e sustentados em vida, e não devemos educar-nos e a nossos filhos a corresponder com gratidão ao nosso Pai celeste? Review and Herald, 13 de novembro de 1894.

Não temos razão de falar da bondade de Deus e proclamar o Seu poder? Quando os amigos são bondosos para conosco nós apreciamos o prazer de lhes sermos gratos por sua bondade. Quanto mais devemos nos alegrar e agradecer ao Amigo que nos tem dado todo o bem e todo dom perfeito! Cultivemos, então, em cada igreja, o espírito de gratidão a Deus. Eduquemos os lábios para louvarem a Deus no círculo da família. … Declarem nossas dádivas e ofertas a nossa gratidão pelos favores recebidos cada dia. Em tudo devemos mostrar a alegria do Senhor e tornar conhecida a mensagem da divina graça salvadora. Review and Herald, 7 de maio de 1908.

O coração daqueles que revelam os atributos de Cristo pulsa com divino amor. Estão imbuídos do espírito de gratidão. … Exaltemos a Jesus. Exaltemo-Lo, o Homem do Calvário, com voz de cânticos e oração. Buscai fervorosamente anunciar o evangelho. Contai a preciosa história do amor de Deus ao homem. Neste trabalho encontrareis satisfação que perdurará através dos séculos da eternidade. Review and Herald, 11 de julho de 1899.


CONTENTAMENTO  – 14 DE JUNHO 2018

Mas é grande ganho a piedade com contentamento. 1 Timóteo 6:6.

São introduzidos demasiado cuidado e fardo no seio de nossas famílias e muito pouco de natural simplicidade, paz e felicidade é acariciado. Deve haver menos cuidado pelo que o mundo fora diz, e mais preocupada atenção para com os membros do círculo familiar. Haja menos exibicionismo e afetação de polidez mundana, e mais afeição e amor, plenitude de alegria e cortesia cristã entre os membros da família. Muitos necessitam aprender como tornar o lar atrativo, um lugar de prazer. Corações gratos e fisionomias de bondade são mais valiosos que riqueza e luxo; e o contentamento com coisas simples torna feliz o lar se nele há amor.

Jesus, nosso Redentor, andou na Terra com a dignidade de um rei; era contudo manso e humilde de coração. Era uma luz e bênção em todo lar, porque levava alegria, esperança e coragem consigo. Oh, que possamos ficar satisfeitos com menos anseios do coração, menos apego por coisas difíceis de serem obtidas para embelezar nossos lares, enquanto o que Deus avalia acima de jóias – um espírito manso e quieto – não é acariciado. A graça da simplicidade, mansidão e verdadeira afeição faria um paraíso do mais humilde lar. É melhor suportar alegremente cada inconveniência do que perder a paz e o contentamento. O Lar Adventista, págs. 155 e 156.

O cristão verdadeiro… procura viver vida de utilidade, e conforma seus hábitos ao exemplo de Jesus. Essa pessoa encontrará a verdadeira felicidade, a recompensa de fazer o bem. Tal pessoa será elevada acima da escravidão de uma vida artificial para a liberdade e graça da simplicidade de Cristo. The Health Reformer, fevereiro de 1877.


SER BOM E FAZER O BEM – 13 DE JUNHO 2018

Confia no Senhor e faze o bem; habitarás na Terra e, verdadeiramente, serás alimentado. Salmos 37:3.

A verdadeira felicidade encontra-se unicamente em ser bom e fazer bem. A mais pura e elevada honra é experimentada pelos que cumprem fielmente os deveres que lhes são designados. …

Cristo deu a todos a obra do ministério. Ele é o Rei da glória, todavia declara: “O Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir” (Mateus 20:28). E a Majestade do Céu, no entanto de boa vontade consentiu em vir à Terra para fazer a obra que Lhe foi entregue por Seu Pai. Ele enobreceu o trabalho. Para nos dar o exemplo de atividade, trabalhou com as próprias mãos no ofício de carpinteiro. … Compreendia ser um sócio na firma da família, e desempenhava voluntariamente a Sua parte nas responsabilidades.

As crianças e os jovens devem achar prazer em tornar mais leves as obrigações do pai e da mãe, demonstrando abnegado interesse no lar. Ao suportarem com alegria a parte das responsabilidades que lhes pesa sobre os ombros, estão recebendo instrução para se tornarem aptos para posições de confiança e utilidade. Cada ano devem fazer progressos, trocando gradual mas seguramente sua conduta de meninos e meninas pela de verdadeiros homens e mulheres. No fiel desempenho de simples deveres do lar, os rapazes e as meninas lançam os alicerces da excelência mental, moral e espiritual. Mensagens aos Jovens, págs. 210-212.

A riqueza e a ociosidade são por alguns ensinadas como sendo verdadeiras bênçãos; mas os que estão sempre ocupados, e com satisfação fazem o seu trabalho diário, são os mais felizes e desfrutam melhor saúde. O cansaço saudável resultante do trabalho bem ordenado garante-lhes os benefícios do sono reparador. A sentença de que o homem precisa trabalhar para a obtenção do pão de cada dia, e a promessa de felicidade e honra futuras, provêm ambas do mesmo trono, e ambas são bênçãos. Christian Temperance and Bible Hygiene, pág. 97.


GUARDAR OS MANDAMENTOS DE DEUS – 12 DE JUNHO 2018

De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus e guarda os Seus mandamentos; porque este é o dever de todo homem. Eclesiastes 12:13.

Ele [Salomão] conta-nos a história de sua busca da felicidade. Empenhou-se em prossecuções intelectuais; satisfez o desejo de prazeres; realizou seus planos de empreendimentos comerciais. Estava circundado do esplendor fascinante da vida da corte. …

Salomão assentava-se sobre um trono de marfim, cujos degraus eram de ouro maciço, ladeados de seis leões de ouro. Seus olhares pousavam em jardins muito belos e bem cultivados. Essas imediações eram visões de beleza, arranjadas para se assemelharem, tanto quanto possível, ao Jardim do Éden. Árvores, arbustos e flores escolhidos, de toda espécie, haviam sido para ali levados, de todas as terras estrangeiras, para embelezá-los. Pássaros de toda variedade de brilhante plumagem esvoaçavam de árvore para árvore, fazendo vibrar o ar com suaves gorjeios. Servas jovens, elegantemente vestidas e ornamentadas, esperavam para obedecer-lhe ao mínimo desejo. Cenas de festa, música, esportes e jogos estavam arranjadas para a sua diversão a custos extravagantes.

Tudo isso, porém, não trouxe felicidade ao rei. … A dissipação lhe deixara impressões na face, antes suave e inteligente. Era uma triste figura do jovem que havia sido. Tinha a fronte vincada de cuidados e infelicidade. … Seus lábios estavam preparados para proferirem reprovações ante o menor desvio de seus caprichos.

Os nervos enfraquecidos e o corpo cansado mostravam o resultado da violação das leis da natureza. Era uma testemunha de uma vida arruinada, uma malsucedida busca da felicidade. …

A estrada da verdadeira felicidade continua sendo a mesma em todas as épocas. O paciente prosseguimento em fazer o bem levará à honra, à felicidade e à vida eterna. The Health Reformer, junho de 1878.


ALEGRAR-SE E FAZER O BEM – 11 DE JUNHO 2018

Já tenho conhecido que não há coisa melhor… do que se alegrarem e fazerem bem na sua vida. Eclesiastes 3:12.

Os jovens talvez pensem achar a felicidade pela busca de seu próprio prazer, mas nunca encontrarão a verdadeira felicidade enquanto assim procederem. O Salvador viveu não para agradar a Si próprio. A Seu respeito lemos que andou “fazendo o bem” (Atos 10:38). Gastou a vida em serviço de amor, confortando os tristes, atendendo aos necessitados, levantando os caídos; não teve lar neste mundo; somente a bondade de Seus amigos Lhe proveram um lar de forasteiro. Não obstante, o estar ao Seu lado era um Céu. Dia a dia enfrentava provações e tentações, não obstante não fracassou nem desanimou. … Sempre estava paciente e alegre, e os sofredores O saudavam como a um mensageiro de vida, paz e saúde. …

Que exemplo extraordinário nos legou Cristo com Sua atividade! Quem, dentre os Seus filhos, está vivendo para a glória de Deus? Ele é a Luz do mundo, e quem trabalha com êxito para o Mestre precisa acender a sua tocha nessa vida divina.

Aos Seus discípulos disse Cristo: “Vós sois o sal da Terra; e, se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta, senão para se lançar fora e ser pisado pelos homens” (Mateus 5:13). Com que cuidado, pois, devemos seguir o exemplo de Cristo! A menos que façamos isso, seremos inúteis – sal que perdeu o seu sabor.

Unicamente seguindo o exemplo de Cristo podemos encontrar a felicidade verdadeira. Quando Ele é aceito, o coração se submete e são-lhe mudados os propósitos. The Youth’s Instructor, 22 de agosto de 1901.

Seu serviço não vos imporá restrição alguma que não vos aumente a felicidade. Atendendo aos Seus apelos, achareis paz, satisfação e alegria que nunca tereis no caminho do… pecado. Review and Herald, 26 de agosto de 1884.


A REGRA ÁUREA – 10 DE JUNHO 2018

Tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-lho também vós, porque esta é a lei e os profetas. Mateus 7:12.

O Salvador ensinou este princípio [a regra áurea] para tornar feliz a humanidade, e não infeliz; pois de nenhum outro modo pode vir a felicidade. Deus deseja que homens e mulheres vivam a vida mais elevada. Concede-lhes a bênção da vida, não meramente para os habilitar a conseguir abastança, mas para aperfeiçoar suas faculdades superiores mediante o realizar a obra que confiou à humanidade – obra de dar busca às necessidades dos semelhantes e aliviá-las. O homem deve trabalhar, não em favor de seu interesse egoísta, mas do interesse de cada um dos que o cercam, abençoando os outros por sua influência e boas obras. Esse propósito de Deus é exemplificado na vida de Cristo. Mente, Caráter e Personalidade, vol. 2, pág. 645.

Aproveitai toda oportunidade de contribuir para a felicidade dos que vos rodeiam, com eles partilhando vossa afeição. Palavras de bondade, olhares de simpatia, manifestação de apreço, seriam para muitos desamparados, como um copo de água ao sedento. Uma palavra de alegria, um ato de bondade, muito farão no sentido de aliviar os fardos que lhes pesam sobre os ombros. Através do serviço abnegado é que se encontra a felicidade. E toda palavra e ato desse serviço são registrados nos livros do Céu como se houvessem sido feitos a Cristo. […] Vivei ao resplendor do amor de Cristo. Vossa influência, então, será uma bênção para o mundo. The Youth’s Instructor, 9 de abril de 1903.

O espírito de trabalho desinteressado em favor de outros, imprime ao caráter solidez e constância, revestindo-o da amabilidade de Cristo, e dá ao seu possuidor paz e ventura. Testemunhos Seletos, vol. 2, pág. 250.

Todo dever cumprido, todo sacrifício feito em nome de Jesus, traz uma recompensa excelente. No próprio ato de cumprir o dever, Deus fala e dá Sua bênção. Serviço Cristão, pág. 270.


VOLUNTÁRIO E OBEDIENTE – 09 DE JUNHO 2018

Se quiserdes, e ouvirdes, comereis o bem desta terra. Isaías 1:19.

Exigindo obediência às leis de Seu reino, Deus dá a Seu povo saúde e felicidade, paz e alegria. Conselhos aos Pais, Professores e Estudantes, pág. 454.

Com o grande princípio de amor e fidelidade para com Deus, o Pai de todos, relaciona-se intimamente o princípio do amor e obediência filial. O desdém à autoridade paterna logo determinará o desdém pela autoridade de Deus. Patriarcas e Profetas, págs. 337.

Muito cedo podem as crianças compreender o que com clareza e simplicidade lhes é dito, e por uma orientação bondosa e prudente pode ser ensinada a obedecer. … Não deve a mãe permitir ao filho ganhar vantagem sobre ela num único caso; e, para manter essa autoridade, não é necessário recorrer a medidas severas; a mão firme, segura, e uma bondade que convence a criança de que a amais, alcançarão o propósito. Orientação da Criança, págs. 82 e 83.

Quando as crianças amam a mãe, nela depositam confiança, e lhe obedecem, foram-lhes ensinadas as primeiras lições para se tornarem cristãs. Precisam elas ser obedientes a Jesus, amá-Lo e nEle confiar, assim como obedecem aos pais, amam-nos e neles confiam. The Pacific Health Journal, setembro de 1890.

A obediência pronta e contínua à sábia autoridade paterna promoverá a felicidade dos próprios filhos bem como honra a Deus e o bem da sociedade. Os filhos devem aprender que na submissão às leis da família está sua perfeita liberdade. Os cristãos aprenderão esta mesma lição: que na obediência à lei de Deus está a sua perfeita liberdade. Orientação da Criança, pág. 79.

As crianças serão mais felizes, muito mais felizes, sob a devida disciplina do que se as deixarmos fazer o que seus impulsos não educados sugerem. Orientação da Criança, pág. 79.


PRAZER EM FAZER A VONTADE DE DEUS – 08 DE JUNHO 2018

Não havendo profecia, o povo se corrompe; mas o que guarda a Lei, esse é bem-aventurado. Provérbios 29:18.

Aos que amam a Deus será o mais alto deleite obedecer a Seus mandamentos, e fazer as coisas que Lhe agradam. …

Diz o salmista: “A Lei do Senhor é perfeita” (Salmos 19:7). Quão maravilhosa em sua simplicidade, sua amplidão e perfeição, é a Lei de Jeová! É tão breve que facilmente podemos decorar cada um de seus preceitos, e todavia tão vasta que exprime toda a vontade de Deus, e toma conhecimento, não só das ações exteriores, mas dos pensamentos e intentos, dos desejos e emoções do coração. Não podem fazer isso as leis humanas. Só podem tratar das ações exteriores. … A Lei de Deus denuncia o ciúme, a inveja, o ódio, a malignidade, a vingança, a concupiscência e a ambição que brotam no coração, mas não encontraram expressão em ato exterior. … E essas emoções pecaminosas serão tomadas em conta no dia em que “Deus há de trazer a juízo toda a obra, e até tudo o que está encoberto, quer seja bom quer seja mau” (Eclesiastes 12:14). …

Não existe mistério na Lei de Deus. Todos podem compreender as grandes verdades que ela encerra. A mente mais fraca pode aprender essas regras. … É necessária a obediência à Lei, não só para nossa salvação, mas para a felicidade nossa e de todos aqueles com quem nos relacionamos. Mensagens Escolhidas, vol. 1, págs. 217 a 219.

A felicidade do homem precisa ser sempre salvaguardada pela Lei de Deus. … A Lei é a cerca que Deus pôs em torno de Sua vinha. Os que lhe obedecem, são por ela protegidos do mal. Signs of the Times, 13 de junho de 1900.

Devemos-Lhe tudo quanto torna a vida desejável, e Ele nos pede as afeições do coração e a obediência da vida. Caso sejam obedecidos, Seus preceitos trarão felicidade à vida doméstica, felicidade para cada indivíduo. Carta 23a, 1893.

O procedimento reto trará paz e santa alegria. Review and Herald, 19 de novembro de 1908.


OBEDIÊNCIA – 07 DE JUNHO 2018

E o Senhor nos ordenou que fizéssemos todos estes estatutos, para temermos ao Senhor, nosso Deus, para o nosso perpétuo bem, para nos guardar em vida, como no dia de hoje. E será para nós justiça, quando tivermos cuidado de fazer todos estes mandamentos. Deuteronômio 6:24 e 25.

A felicidade deve ser buscada de maneira correta e na fonte correta. Pensam alguns poder encontrar a felicidade em um procedimento de condescendência com os prazeres pecaminosos e nas enganosas atrações mundanas. E alguns sacrificam as obrigações materiais e morais, julgando encontrar a felicidade, e perdem tanto esta vida como a vindoura. Outros buscarão a felicidade na condescendência de um apetite antinatural, e consideram a condescendência da gula mais desejável do que a saúde e a vida. Muitos se deixam acorrentar pelas paixões sensuais, e sacrificarão a força física, o intelecto e as faculdades morais na satisfação da luxúria. Levarão a si mesmos a uma sepultura prematura e, no juízo, serão considerados suicidas.

É essa a felicidade desejável que deve ser achada na senda da desobediência e da transgressão da lei física e moral? A vida de Cristo aponta a fonte verdadeira de felicidade bem como a maneira de atingi-la. … Se quiserem ser verdadeiramente felizes, devem tratar de ser achados no posto do dever, fazendo o trabalho que lhes resultará em fidelidade, conformando o coração e a vida com o modelo perfeito. The Youth’s Instructor, abril de 1872.

Da obediência depende a vida e a felicidade, a saúde e a alegria dos homens, mulheres e crianças. A obediência lhes produz felicidade nesta vida e na vindoura. Manuscrito 36, 1900.

Onde podemos achar um guia mais seguro do que o único Deus verdadeiro? … Onde existe caminho mais seguro do que aquele em que o Eterno é o guia? Quando O seguimos não andamos em veredas mesquinhas e tortuosas. Carta 48, 1897.

A estrada da obediência a Deus é um caminho de virtude, saúde e felicidade. Review and Herald, 16 de outubro de 1883.


O POVO MAIS FELIZ DO MUNDO – 06 DE JUNHO 2018

Bem-aventurado é o povo cujo Deus é o Senhor! Salmos 144:15.

Se quereis achar felicidade e paz em tudo quanto fazeis, precisais tudo realizar, tendo em vista a glória de Deus. Se quereis ter paz de coração, deveis buscar fervorosamente imitar a vida de Cristo. Então, não haverá necessidade de patético regozijo nem de buscar os prazeres na condescendência com o orgulho e com as frivolidades do mundo. No procedimento reto, tereis serenidade e felicidade que nunca alcançareis na senda do mal. Jesus assumiu a natureza humana, passando pela infância e adolescência a fim de aprender a simpatizar com todos e deixar exemplo para as crianças e os jovens. Ele conhece as tentações e as fraquezas das crianças. Em seu amor, abriu uma fonte de prazer e júbilo para o que nEle confia. Buscando honrar a Cristo e seguir-Lhe o exemplo, as crianças e os jovens podem ser verdadeiramente felizes. Podem sentir a responsabilidade de trabalhar com Jesus Cristo no grande plano de salvação. Se os jovens se sentirem responsáveis perante Deus, serão elevados acima de tudo quanto é baixeza, egoísmo e impureza. A vida para tais pessoas estará cheia de importância. Reconhecerão que têm algum motivo grandioso e glorioso pelo qual viverem. Isso exercerá influência sobre os jovens, tornando-os ardorosos, jubilosos e fortes em face das responsabilidades e dificuldades da vida, como o foi o Seu Modelo divino. … Convido-vos a cultivardes sempre o senso de ponderada responsabilidade para com Deus. A certeza de estardes fazendo aquilo que Deus pode aprovar, tornar-vos-á fortes em Sua fortaleza; e ao copiardes o Modelo, podereis, como Ele, crescer em sabedoria e graça para com Deus e os homens. The Youth’s Instructor, setembro de 1873.

Os que, em todas as coisas põem a Deus como primeiro e último, e o melhor, são as pessoas mais felizes do mundo. Review and Herald, 19 de agosto de 1884.


A BÍBLIA MOSTRA O CAMINHO DA FELICIDADE – 05 DE JUNHO 2018

Folgo mais com o caminho dos Teus testemunhos do que com todas as riquezas. Alegrar-me-ei nos Teus estatutos; não me esquecerei da Tua palavra. Salmos 119:14 e 16.

A Bíblia nos apresenta à vista as insondáveis riquezas e os imperecíveis tesouros do Céu. O mais forte impulso humano é encontrar sua própria felicidade, e a Bíblia reconhece esse desejo e nos mostra que todo o Céu se unirá ao ser humano em seus esforços para atingir a felicidade verdadeira. A Bíblia revela a condição sob a qual a paz de Cristo é concedida. Ela descreve um lar de eterna felicidade e resplendor, onde nunca serão conhecidas as lágrimas nem a necessidade. Carta 28, 1888.

Esse abençoado livro vos ensinará a serdes honestos, temperantes em todas as coisas, modestos, diligentes, verdadeiros e retos. Seus conselhos, quando atendidos, vos tornarão companheiros fiéis da juventude, concedendo-vos uma influência que sempre guiará para o alto, purificará o caráter; influência que afastará do pecado e o encaminhará para as veredas da justiça.

Será uma vida tal isenta de júbilo? Oh! não! Estará repleta de conforto, cheia de satisfação, porque estareis trazendo o Céu para a vossa própria vida, paz para o vosso coração, e dando um testemunho de que “a Lei do Senhor é perfeita e refrigera a alma” (Salmos 19:7).

Quisera eu que cada jovem compreendesse como é precioso o oferecimento a Deus de um coração jovem. Com que carinho guardam os anjos os passos do jovem que teme e ama a Deus! Jesus os conhece por nome, e seu exemplo está ajudando outros jovens a procederem retamente. A juventude que esconde em seu coração e mente uma reserva das palavras de advertência e animação, provenientes de Deus, de Suas preciosas pérolas de promessa, das quais se poderá suprir em qualquer momento, será um conduto vivo de luz. Tem ligação com a Fonte de toda a luz. O Sol da Justiça irradia Sua luz e raios curativos para o coração, e espalha luz em redor. The Youth’s Instructor, 3 de agosto de 1887.


A SABEDORIA TRAZ FELICIDADE – 04 DE JUNHO 2018

Bem-aventurado o homem que acha sabedoria, e o homem que adquire conhecimento. Provérbios 3:13.

A cerimônia da unção de Davi… foi… uma indicação ao jovem acerca do alto destino que o aguardava. …

Apesar do elevado cargo que deveria ocupar, continuou silenciosamente com sua ocupação, contente com esperar o desenvolvimento dos planos do Senhor, no tempo e maneira que Lhe aprouvessem. Tão humilde e modesto como antes de sua unção, o pastorzinho voltou às colinas, e vigiava e guardava seus rebanhos com tanta ternura como sempre. Com nova inspiração, porém, compunha suas melodias, e tocava em sua harpa. Diante dele se estendia uma paisagem de rica e variada beleza. …

Davi, na beleza e vigor de sua jovem varonilidade, estava se preparando para assumir uma elevada posição, entre os mais nobres da Terra. Seus talentos, como dons preciosos de Deus, eram empregados para exaltar a glória do Doador divino. Suas oportunidades para a contemplação e meditação serviam para enriquecê-lo daquela sabedoria e piedade, que o tornavam amado de Deus e dos anjos. Contemplando ele as perfeições de seu Criador, mais claras concepções de Deus desvendavam-se perante sua alma. Eram iluminados assuntos obscuros, dificuldades eram explanadas, harmonizadas perplexidades, e cada raio de nova luz provocava novas expansões de transportes, e mais suaves antífonas de devoção, para a glória de Deus e do Redentor. O amor que o movia, as tristezas que o assediavam, os triunfos que o acompanhavam, tudo eram assuntos para o seu ativo pensamento; e, ao ver o amor de Deus em todas as providências de sua vida, seu coração palpitava com mais fervorosa adoração e gratidão, sua voz soava com mais magnificente melodia, sua harpa era dedilhada com alegria mais exultante; e o jovem pastor ia de força em força, de conhecimento em conhecimento; pois o Espírito do Senhor estava sobre ele. Patriarcas e Profetas, págs. 641 e 642


NENHUMA REAL ALEGRIA FORA DE CRISTO –  03 DE JUNHO 2018

Entra no gozo do teu Senhor. Mateus 25:23.

O motivo de alguns serem irrequietos, é que não vão à única fonte de felicidade verdadeira. Estão sempre buscando achar, fora de Cristo, aquela alegria que só nEle é encontrada. Não há nEle esperanças frustradas. Oh! como é negligenciado o precioso privilégio da oração! … A oração é a fortaleza do cristão. Quando só, não está só; sente a presença dAquele que disse: “Eis que estou convosco todos os dias” (Mateus 28:20).

Os jovens desejam justamente o que não têm, isto é, religião. Nada pode tomar o lugar dela. Review and Herald, 11 de março de 1880.

A esperança do cristão é justamente o que necessitam. A religião demonstrar-se-á ao crente um conforto, um guia seguro à Fonte da verdadeira felicidade. Mensagens aos Jovens, pág. 368.

Não existe alegria verdadeira além da alegria de Cristo. Toda a suposta felicidade que o homem imagina poder alcançar sem Cristo, verificar-se-á ser como as cinzas, um desapontamento. Não suponhais, por um momento sequer, que o homem irreligioso possa ser feliz. Carta 15, 1899.

Homem algum pode desfrutar realmente a vida sem religião. O amor a Deus purifica e enobrece todo gosto e todo desejo, intensifica cada afeição, ilumina todo prazer digno. Habilita os homens para apreciarem tudo que é verdadeiro, e bom, e belo. Good Health, agosto de 1882.

Sempre encontrareis nos verdadeiros cristãos uma acentuada alegria, uma santa, feliz confiança em Deus, uma conformidade com Suas providências, que refrigera a alma. Testemunhos Para a Igreja, vol. 3, pág. 377.

A fé no amor de Deus e em Sua providência que todas as coisas dirige, alivia o fardo da ansiedade e cuidados. Enche o coração de alegria e contentamento, seja na mais elevada condição ou na mais humilde. A religião tende, diretamente, a promover a saúde, a prolongar a vida, e a aumentar a alegria que experimentamos em todas as suas bênçãos. Abre à alma uma fonte de felicidade que nunca cessa. Patriarcas e Profetas, pág. 600.


HÁ PRAZER EM BUSCAR AO SENHOR – 02 DE JUNHO 2018

Gloriai-vos no Seu santo nome; alegre-se o coração dos que buscam o Senhor. 1Crônicas 16:10.

Multidões… anseiam por alguma coisa que não têm. Gastam o dinheiro naquilo, que não é pão, e o produto do seu trabalho naquilo que não pode satisfazer. A alma faminta e sedenta continuará com fome e sede enquanto participe desses prazeres que não satisfazem. Tomara cada uma dessas pessoas desse ouvidos à voz de Jesus: “Se alguém tem sede, que venha a Mim e beba” (João 7:37). Quem beber da água da vida não mais terá sede. … Cristo, a fonte da vida, é a fonte de paz e felicidade. Evangelismo, pág. 266.

Enalteça a juventude o nome do Senhor, por Sua grande bondade, Sua amorosa graça, Sua terna compaixão. Podem eles enaltecer-Lhe o nome, revelando Sua graça por meio de uma vida bem ordenada e de conversação pura. Ao fazerem isso, a disposição é abrandada; desaparece a irritabilidade. The Youth’s Instructor, 6 de novembro de 1902.

O coração mais feliz é o que tem a Cristo como seu hóspede constante. O lar mais feliz é aquele em que a bondade é o princípio dominante. … Na oficina em que se manifesta a presença celeste de Cristo, os obreiros serão os mais dignos de confiança, os mais fiéis, e os mais eficientes. São ali vistos o temor e o amor de Deus. Carta 48, 1897.

Não há, neste mundo conforto nem felicidade sem Jesus. Reconheçamo-Lo como nosso Amigo e Salvador. … Há nEle encantos incomparáveis. Oh! possamos nós viver neste breve período de graça, de maneira tal que reinemos com Ele por todas as eras infindas da eternidade! The Youth’s Instructor, 12 de fevereiro de 1903.

Se Cristo habita no coração pela fé, … sereis felizes, cheios de louvor e júbilo. The Youth’s Instructor, 13 de outubro de 1892.


LEMBRA-TE DO TEU CRIADOR NA tua MOCIDADE – 01 DE JUNHO 2018

Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais venhas a dizer: Não tenho neles contentamento. Eclesiastes 12:1.

Eu gostaria de poder descrever as belezas da vida cristã. Começando com a manhã da vida, controlado pelas leis da natureza e de Deus, o cristão avança firmemente para a frente e para cima, dia a dia mais se aproximando do lar celestial, onde o espera uma coroa da vida, e um nome novo, “o qual ninguém conhece senão aquele que o recebe” (Apocalipse 2:17). Constantemente cresce em felicidade, santidade e utilidade. O progresso de cada ano, porém, excede o do ano precedente.

Deus deu à juventude uma escada para galgar, escada que, da Terra, alcança o Céu. Em seu topo Deus está, e cada degrau resplandece com os raios de Sua glória. Ele está observando os que sobem, pronto para, ao cansar-se a mão que agarra ou tropeçar o pé, auxiliá-los. Sim, dizei-o com palavras cheias de entusiasmo, que ninguém que com perseverança galga a escada, deixará de alcançar entrada na cidade celestial. The Youth’s Instructor, 26 de junho de 1902.

Anjos de Deus, que sobem e descem a escada que Jacó contemplou em visão, auxiliarão toda pessoa que aspira galgar até mesmo ao altíssimo Céu. Eles estão guardando o povo de Deus, e vigiando cada passo dado. Fundamentos da Educação Cristã, pág. 86.

A devoção nos primeiros anos da vida assegura ao seu possuidor a alegria ampla de tudo quanto torna a vida feliz. … Os que esperam até que o breve espaço da vida esteja quase acabado, para buscarem a Deus, perdem uma vida de felicidade pura e elevada – felicidade que nunca chega em conseqüência dos prazeres que esta vida oferece. Os que há muito estão relacionados com Deus, e desde a juventude beberam felicidade da fonte pura do Céu, estão preparados para entrar na família de Deus. The Youth’s Instructor, 25 de outubro de 1900.


JUNHO 2018


RECEITA PARA CURA DE TODO MAL – 31 DE MAIO 2018

Vinde a Mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e Eu vos aliviarei. Mateus 11:28.

O poder restaurador de Deus encontra-se por toda a natureza. Se uma árvore é cortada, se um ser humano se fere ou fratura um osso, imediatamente a natureza começa a reparar o dano. Mesmo antes que exista a necessidade, os agentes de cura se encontram de prontidão; e logo que uma parte se acha ferida, toda a energia se aplica ao trabalho da restauração. Assim é no domínio das coisas espirituais. Antes que o pecado criasse a necessidade, Deus providenciara o remédio. Cada pessoa que cede à tentação, torna-se ferida, magoada pelo adversário; mas onde quer que haja pecado, há um Salvador. Educação, pág. 113.

Quando o evangelho é recebido em sua pureza e poder, é uma cura para as doenças originadas pelo pecado. O Sol da Justiça ergue-Se “trazendo salvação nas Suas asas” (Malaquias 4:2). …

O amor difundido por Cristo por todo o ser é um poder vitalizante. Todo órgão vital – o cérebro, o coração, os nervos – esse amor toca, transmitindo cura. Por ele são despertadas para a atividade as mais altas energias do ser. Liberta a alma da culpa e da dor, da ansiedade e do cuidado que consomem as forças vitais. Vêm com ele serenidade e compostura. Implanta na alma uma alegria que coisa alguma terrestre pode destruir – a alegria no Espírito Santo – alegria que comunica saúde e vida.

As palavras de nosso Salvador “Vinde a Mim, … e Eu vos aliviarei” (Mateus 11:28) são uma receita para a cura dos males físicos, mentais e espirituais. Embora os homens hajam trazido sobre si o sofrimento por causa de suas más ações, Ele os olha com piedade. NEle podem encontrar socorro. Grandes coisas fará por aqueles que nEle confiam. …

Se os seres humanos abrissem as janelas da alma em direção ao Céu, apreciando as divinas dádivas, por elas penetraria uma onda de restauradora virtude. A Ciência do Bom Viver, págs. 115 e 116.


O PERDÃO DOS PECADOS TRAZ CURA – 30 DE MAIO 2018

Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te esqueças de nenhum de Seus benefícios. É Ele que perdoa todas as tuas iniquidades e sara todas as tuas enfermidades. Salmos 103:2 e 3.

O Salvador assistia tanto à alma como ao corpo. O evangelho por Ele pregado era uma mensagem de vida espiritual e de restauração física. O libertamento do pecado e a cura da doença estavam ligados entre si. O mesmo ministério é confiado ao médico cristão. Ele deve se unir a Cristo no aliviar tanto as necessidades físicas como as espirituais de seus semelhantes. Cumpre-lhe ser para o enfermo um mensageiro de misericórdia, levando-lhe um remédio ao corpo doente e à alma enferma de pecado. A Ciência do Bom Viver, pág. 111.

Ao ser o pobre paralítico levado à casa onde Jesus estava ensinando, uma multidão compacta aglomerava-se junto à porta, impedindo toda via de acesso ao Salvador. Mas a fé e a esperança já haviam sido acesas no coração do sofredor, e ele propôs aos amigos que o levassem aos fundos da casa, quebrassem o telhado e o descessem à presença de Cristo. A sugestão foi atendida; ao jazer aos pés do poderoso Médico, o enfermo, tudo quanto o homem poderia haver realizado para o seu restabelecimento, já fora feito. Jesus sabia que o enfermo havia sido torturado pela convicção de seus pecados, e que Seu primeiro passo precisava ser o alívio desse fardo. Com um olhar de terna compaixão, o Salvador a ele se dirigiu, não como estranho, nem mesmo amigo, mas a alguém que, mesmo naquela situação, já fora recebido na família de Deus: “Filho, tem bom ânimo; perdoados te são os teus pecados” (Mateus 9:2). Review and Herald, 16 de outubro 1893.

Muitos sofrem muito mais de enfermidades do espírito, do que de doenças do corpo, e não acharão alívio sem que se acheguem a Cristo, a fonte clã vida. Queixumes e canseiras, solidão e insatisfação findarão, então. Alegrias compensadoras comunicarão vigor à mente e ao corpo, saúde e energia vital. Testemunhos Para a Igreja, vol. 4, pág. 579.

Cristo sente hoje as aflições de cada sofredor. … Sabe como dizer: “Sê curado”, e ordena ao sofredor: “Vai… e não peques mais” (João 8:11). The Youth’s Instructor, 29 de dezembro de 1898.


SAÚDE E FELICIDADE – 29 DE MAIO 2018

Tenho posto o Senhor continuamente diante de mim; por isso que Ele está à minha mão direita, nunca vacilarei. Portanto, está alegre o meu coração e se regozija a minha glória; também a minha carne repousará segura. Salmos 16:8 e 9.

O cristão deve viver tão perto de Deus que possa aprovar as coisas que são excelentes, “cheios de frutos de justiça, que são por Jesus Cristo, para glória e louvor de Deus” (Filipenses 1:11). Seu coração deve estar em sintonia com a gratidão e o louvor. Deve ele estar sempre pronto para reconhecer as bênçãos que recebe, lembrando Aquele que disse: “Aquele que oferece sacrifício de louvor Me glorificará” (Salmos 50:23). …

Toda pessoa tem o dever de cultivar a jovialidade, em vez de acalentar pesares e dificuldades. Muitos desse modo não somente produzem o próprio fracasso, mas também sacrificam a saúde e a felicidade a uma imaginação doentia. Há em seu redor coisas que não são agradáveis, e vê-se em seu semblante uma ruga contínua que, com mais clareza do que palavras, exprimem descontentamento. Essas emoções deprimentes produzem grande dano à saúde, pois prejudicando o processo da digestão, atuam sobre a nutrição. Se bem que a aflição e a ansiedade não possam remediar um único mal, podem produzir um dano imenso; mas a jovialidade e a esperança, à medida que iluminam a senda de outras pessoas, “são vida para os que as acham e saúde, para o seu corpo” (Provérbios 4:22).

Cristo veio para restaurar à sua beleza original, um mundo arruinado do pecado. … Não haverá, na Nova Terra, pecado nem enfermidade. … E o corpo será restaurado à sua perfeição original. Ostentaremos, a imagem imaculada de nosso Senhor. …

O desenvolvimento do caráter cristão, tendente para esse estado de perfeição, é um crescimento em direção à beleza. … Ao ser o coração transformado pela renovação da mente, as graças do Espírito deixam sua impressão na face, e ela exprime a nobreza, delicadeza, paz, benevolência, e amor puro e terno que reinam no coração. …

Dai “sempre graças por tudo a nosso Deus” (Efésios 5:20). Signs of the Times, 12 de fevereiro de 1883.


A BONDADE PROMOVE A SAÚDE – 28 DE MAIO 2018

Palavras agradáveis são como favo de mel: doces para a alma e medicina para o corpo. Provérbios 16:24.

As palavras bondosas, de alegria e encorajamento, produzirão melhor efeito do que os mais eficazes medicamentos. Estas levarão ânimo ao coração desanimado, e a felicidade e o prazer produzidos na família pelos atos de bondade e pelas palavras de estímulo, recompensarão dez vezes mais o esforço feito. O esposo deve lembrar que grande parte da responsabilidade de instruir os filhos recai sobre a mãe, que muito lhe toca a ela na formação do espírito deles. Esta circunstância deve despertar-lhe os mais ternos sentimentos, e com tato deverá aliviar-lhe os fardos. Deve ele animá-la a amparar-se em sua grande afeição e dirigir-lhe a mente para o Céu, onde existe força, e paz e, afinal, o repouso para o cansado. Testemunhos Para a Igreja, vol. 1, págs. 306 e 307.

Sua bondade e amorável cortesia serão para ela uma preciosa animação, e a felicidade que ele comunica lhe trará paz e alegria ao próprio coração. A Ciência do Bom Viver, pág. 374.

A mais deliciosa espécie de Céu é um lar em que preside o Espírito do Senhor. … Qualquer coisa que venha prejudicar a paz e a unidade da família deve ser evitada com firmeza, e nutridos a bondade e o amor. Signs of the Times, 20 de junho de 1911.

O lar deve ser um lugar onde o contentamento, a cortesia e o amor façam habitação; onde moram essas graças, aí residem a paz e felicidade. A Ciência do Bom Viver, pág. 393.

Os que estão travando a batalha da vida com grandes desvantagens podem ser refrigerados e fortalecidos por pequeninas atenções que nada custam. Palavras bondosas, proferidas com simplicidade, pequenas atenções dispensadas sem ostentação, hão de afugentar as nuvens da tentação e dúvida que se adensam por sobre a alma. O Lar Adventista, pág. 485.

Sob a influência da brandura, bondade e afabilidade, cria-se uma atmosfera que há de curar e não destruir. Carta 320, 1906.


O CORAÇÃO ALEGRE É BOM REMÉDIO – 27 DE MAIO 2018

O coração alegre serve de bom remédio. Provérbios 17:22.

A relação existente entre a mente e o corpo é muito íntima. Quando um é afetado, o outro se ressente. O estado da mente atua muito mais na saúde do que muitos julgam. Muitas das doenças sofridas pelos homens são resultado de depressão mental. Desgosto, ansiedade, descontentamento, remorso, culpa, desconfiança, todos tendem a consumir as forças vitais, e a convidar a decadência e a morte.

A doença é muitas vezes produzida, e com freqüência grandemente agravada pela imaginação. Muitos que atravessam a vida como inválidos poderiam ser sãos, se tão-somente assim o pensassem. …

O ânimo, a esperança, a fé, a simpatia e o amor promovem a saúde e prolongam a vida. Um espírito contente, animoso, é saúde para o corpo e força para a alma. …

Gratidão, regozijo, benignidade, confiança no amor e no cuidado de Deus – eis as maiores salvaguardas da saúde. A Ciência do Bom Viver, págs. 241 e 281.

A força de vontade e a importância do domínio próprio, tanto na preservação como na reaquisição da saúde; o efeito deprimente e mesmo destrutivo da ira, descontentamento, egoísmo, impureza; e de outro lado, o maravilhoso poder vivificante que se encontra em um bom ânimo, altruísmo, gratidão – também devem ser apresentados.

Há nas Escrituras uma verdade fisiológica, verdade esta que precisamos considerar: “O coração alegre serve de bom remédio” (Provérbios 17:22). Educação, pág. 197.

Os verdadeiros princípios do cristianismo abrem perante todos uma fonte de inestimável felicidade. Conselhos Sobre Saúde, pág. 28.

Devemos incentivar uma disposição mental cheia de ânimo, esperança e paz, pois nossa saúde depende de fazermos isso. Mensagens Escolhidas, vol. 3, pág. 279


A PAZ, POR FAZER O BEM – 26 DE MAIO 2018

Muita paz têm os que amam a Tua lei, e para eles não há tropeço. Salmos 119:165.

Se a mente estiver livre e feliz pela convicção de estar praticando a justiça e pelo senso da satisfação de tornar outros felizes, isso ocasionará uma alegria que agirá em todo o organismo, produzindo uma livre circulação do sangue e tonificando o corpo todo. A bênção de Deus é cura; e os que são pródigos em beneficiar a outros receberão essa bênção maravilhosa no coração e na vida. Medicina e Salvação, pág. 105.

Os que seguem o caminho da sabedoria e santidade não serão molestados com vãos remorsos sobre horas desperdiçadas, tampouco serão perturbados com tristeza ou horror, como se dá com alguns, a menos que estejam empenhados em diversões vãs e levianas. …

Os passatempos estimulam a mente, mas é forçoso que se lhes siga um abatimento. O trabalho útil e o exercício físico exercerá influência mais saudável sobre a mente e fortalecerá os músculos, melhorará a circulação, e tornar-se-á um elemento poderoso na recuperação da saúde. Mente, Caráter e Personalidade, vol. 2, pág. 646.

A consciência de estar procedendo bem é o melhor remédio para corpos e mentes enfermos. A bênção especial de Deus repousando sobre o recebedor, é saúde e força. Mente, Caráter e Personalidade, vol. 2, pág. 403.

Fazer bem é uma obra que beneficia tanto ao doador como ao que recebe a dádiva. Se esqueceis o próprio eu em vosso interesse pelos outros, obtendes uma vitória sobre vossas enfermidades. A satisfação que experimentais no fazer bem, ajudar-vos-á grandemente em adquirir o tono saudável da imaginação. O prazer de fazer bem anima o espírito e vibra através de todo o organismo. Mensagens aos Jovens, pág. 209.

A pessoa cuja mente esteja calma e satisfeita em Deus, está no caminho para a saúde. Mente, Caráter e Personalidade, vol. 2, pág. 403.


O TEMOR DE CRISTO MELHORA A SAÚDE – 25 DE MAIO 2018

O temor do Senhor prolonga os dias da vida. Provérbios 10:27.

Todos quantos se acham sob as instruções de Deus precisam da hora tranquila para comunhão com o próprio coração, com a natureza e com Deus. … Devemos, individualmente, ouvi-Lo falar ao coração. Quando todas as outras vozes silenciam e, em sossego, esperamos diante dEle, o silêncio da alma torna mais distinta a voz de Deus. Ele nos manda: “Aquietai-vos e sabei que Eu sou Deus” (Salmos 46:10). … Entre o vaivém da multidão e a tensão das intensas atividades da vida, aquele que é assim refrigerado será circundado de uma atmosfera de luz e de paz. Receberá nova dotação de resistência física e mental. A Ciência do Bom Viver, pág. 58.

Torne-se a mente inteligente e seja a vontade posta ao lado do Senhor, e haverá melhora extraordinária da saúde física. The Medical Missionary, novembro e dezembro de 1892.

A enfermidade da mente reina por toda parte, e noventa por cento das doenças que atacam o ser humano têm aí seu fundamento. … A religião de Cristo … é um de seus mais eficazes remédios; é poderoso calmante nervoso. Conselhos Sobre Saúde, págs. 324 e 325.

Há no Céu saúde perfeita; e quanto mais profunda for a nossa percepção das influências celestiais, tanto mais certo será o restabelecimento. …

A religiosidade não entra em conflito com as leis da saúde, mas está em harmonia com elas. O temor do Senhor constitui o fundamento de toda verdadeira prosperidade. Christian Temperance and Bible Hygiene, págs. 13 e 14.

No cuidado de nosso corpo precisamos cooperar com Ele. Amor a Deus é essencial para a vida e saúde. A fé em Deus é necessária para que tenhamos saúde. A fim de que tenhamos saúde perfeita, deve nosso coração estar cheio de amor, esperança e alegria no Senhor. Conselhos Sobre Mordomia, pág. 115.


O CORPO DEVE SER SERVO DA MENTE – 24 DE MAIO 2018

Porque Deus não nos deu o espírito de temor, mas de fortaleza, e de amor, e de moderação. 2Timóteo 1:7.

Cada órgão do corpo foi feito para ser servo da mente. Mente, Caráter e Personalidade, vol. 1, pág. 72.

O cérebro é a capital do corpo, a sede de todas as forças nervosas e da ação mental. Os nervos procedentes do cérebro controlam o corpo. Pelos nervos do cérebro são transmitidas impressões mentais para todos os membros do corpo, como se fossem fios telegráficos, e eles controlam a ação vital de todas as partes do organismo. Todos os órgãos de movimento são governados pelas comunicações que recebem do cérebro. Mente, Caráter e Personalidade, vol. 1, pág. 72.

Os nervos do cérebro, que comunicam com todo o organismo, são o único meio pelo qual o Céu pode comunicar-se com o homem e afetar sua vida íntima. O que quer que perturbe a circulação das correntes elétricas do sistema nervoso, diminui a força dos poderes vitais, e o resultado é o amortecimento das sensibilidades da mente. Mente, Caráter e Personalidade, vol. 1, pág. 230.

Todos têm não somente o privilégio, mas o dever sagrado de conhecer as leis de Deus estabelecidas em seu ser. … E ao conhecer mais cabalmente o corpo humano … buscarão levar o corpo à sujeição das nobres faculdades da mente. O corpo será por eles considerado uma estrutura maravilhosa, formada pelo Arquiteto Infinito, e a eles entregue para manterem essa harpa de mil cordas em atuação harmônica. The Health Reformer, setembro de 1871.

Para fazer da vida cristã um êxito, o desenvolvimento de mentes sãs em corpos sãos é da maior importância. The Health Reformer, novembro de 1871.

A ação saudável e harmoniosa de todas as faculdades do corpo e da mente resultam em felicidade; e quanto mais elevadas e refinadas as faculdades, mais pura e perfeita a felicidade. Review and Herald, 29 de julho de 1884.


DANIEL – EXEMPLO DE TEMPERANÇA –  23 DE MAIO 2018

E o rei falou com eles; e entre todos eles não foram achados outros tais como Daniel, Hananias, Misael e Azarias. … E em toda matéria de sabedoria e de inteligência, sobre que o rei lhes fez perguntas, os achou dez vezes mais doutos do que todos os magos ou astrólogos que havia em todo o seu reino. Daniel 1:19 e 20.

Durante os três anos de preparo que tiveram, Daniel e seus companheiros mantiveram hábitos de abstinência, fidelidade a Deus e confiança em Seu poder. Ao chegar o momento de sua capacidade e conhecimentos serem testados pelo rei, foram eles examinados juntamente com outros candidatos ao serviço do reino. … Sua viva percepção, sua escolha das palavras adequadas, seu vasto conhecimento, testificaram da incomparável capacidade e vigor de suas faculdades. …

Deus honra sempre a retidão. Os jovens mais promissores de todas as terras sujeitadas pelo grande conquistador se haviam reunido em Babilônia; todavia, entre eles, estavam sem rival os cativos hebreus. O porte ereto, o passo firme e gracioso, a aparência distinta, seus sentidos não embotados, seu hálito incontaminado – eram todos sinais da nobreza com que a natureza honra os que são obedientes às suas leis. …

Entre as sedutoras influências da luxuosa corte de Babilônia, permaneceram firmes. Os jovens de hoje estão cercados de seduções à satisfação do próprio eu. Especialmente em nossas grandes cidades, toda forma de satisfação sensual se apresenta fácil e convidativa. Aqueles que, como Daniel, recusam a contaminar-se, hão de receber a recompensa dos hábitos de temperança. …

Apresentai-vos na varonilidade e feminilidade que Deus vos dotou. … Deus vos recompensará com nervos calmos, mente clara, são juízo, aguda percepção. Os jovens de hoje, cujos princípios são firmes e inabaláveis, serão abençoados com saúde física, mental e espiritual. Mensagens aos Jovens, págs. 241, 242 e 244.


REGULARIDADE NO COMER – 22 DE MAIO 2018

Seja a vossa moderação conhecida de todos os homens. Perto está o Senhor. Filipenses 4:5.

A regularidade no comer é muito importante para a saúde do corpo e a tranqüilidade do espírito. Conselhos Sobre Saúde, pág. 118.

As crianças ficam em geral sem serem ensinadas no tocante à importância de quando, como e que devem comer. É-lhes permitido satisfazerem livremente o seu gosto, comerem em qualquer hora, servirem-se de frutas quando bem lhes pareça, e isso, com os pastéis, bolachas, pão e manteiga, e comestíveis açucarados, comidos quase constantemente, torna-os glutões e dispéptico. Os órgãos digestivos, como um moinho mantido em funcionamento contínuo, fica enfraquecido, as forças vitais são retiradas do cérebro para ajudarem o estômago em seu excesso de trabalho, e assim são enfraquecidas as faculdades mentais. O estímulo anormal e o uso das forças vitais fá-los nervosos, impacientes, caprichosos e irritáveis. … É difícil despertá-los para o reconhecimento da natureza vergonhosa e grave do pecado. The Health Reformer, maio de 1877.

Coisa alguma se deve comer entre elas [as refeições], nada de doces, nozes, frutas, ou qualquer espécie de comida. A irregularidade na alimentação arruína a saúde dos órgãos digestivos, com detrimento da saúde em geral, e da alegria. A Ciência do Bom Viver, pág. 384.

Outro hábito prejudicial é o de tomar alimento exatamente antes de dormir. … O sono é mais vezes perturbado por sonhos desagradáveis, e pela manhã a pessoa acorda sem se haver descansado, e com pouco apetite para a refeição matinal. Quando nos deitamos para repousar, o estômago já devia ter concluído a sua obra, a fim de, como os demais órgãos do corpo, fruir repouso. A Ciência do Bom Viver, págs. 303 e 304.

Toda restrição divina é para a saúde e felicidade eterna do homem. Signs of the Times, 11 de fevereiro de 1875.

Quando eles [o povo de Deus] vencem toda condescendência prejudicial à saúde, terão percepção mais nítida do que constitui a verdadeira santidade. Modificação extraordinária será vista em sua experiência religiosa. Review and Herald, 27 de maio de 1902.


VESTUÁRIO APROPRIADO – 21 DE MAIO 2018

Não temerá, por causa da neve, porque toda a sua casa anda forrada de roupa dobrada. Provérbios 31:21.

Nossas roupas, conquanto modestas e simples, devem ser de boa qualidade, de cores próprias, e adequadas ao uso. Devem ser escolhidas mais com vistas à durabilidade do que à aparência. Devem proporcionar agasalho e a devida proteção. A mulher prudente descrita nos Provérbios “não temerá, por causa da neve, porque toda a sua casa anda forrada de roupa dobrada” (Provérbios 31:21).

Nosso vestuário deve ser asseado. O desasseio nesse sentido é nocivo à saúde, e portanto contaminador para o corpo e a alma. …

Sob qualquer aspecto, as roupas devem ser saudáveis. Acima de tudo, Deus quer que tenhamos saúde (3João 2) – saúde de corpo e de alma. E devemos ser coobreiros Seus tanto para a saúde de um como da outra. Ambas são promovidas pelo vestuário saudável.

Ele deve possuir a graça, a beleza, a conveniência da simplicidade natural. Cristo nos advertiu contra o orgulho da vida, mas não contra sua graça e beleza naturais. Apontou às flores do campo, aos lírios desabrochando em sua pureza, e disse: “Nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles” (Mateus 6:29). Assim, pelas coisas da natureza, Cristo ilustra a beleza apreciada pelo Céu, a graça modesta, a simplicidade, a pureza, a propriedade que Lhe tornariam agradável nossa maneira de vestir. A Ciência do Bom Viver, págs. 288 e 289.

A saúde perfeita depende da perfeita circulação. Especial atenção deve ser dada às extremidades, para que estejam tão bem agasalhadas como o peito e a região vizinha do coração. Testemunhos Para a Igreja, vol. 2, pág. 531.

Vistam-se as nossas irmãs com simplicidade, como muitas o fazem, tendo vestidos de boa fazenda, duráveis, modestos, apropriados para a sua idade, e não lhes preocupe a mente o problema do vestuário. Evangelismo, pág. 273.


TEMPERANÇA NO ESTUDO – 20 DE MAIO 2018

E, de mais disso, filho meu, atenta: não há limite para fazer livros, e o muito estudar enfado é da carne. Eclesiastes 12:12.

O esforço mental sem correspondente exercício físico atrai para o cérebro excessiva quantidade de sangue, desequilibrando assim a circulação. O cérebro tem sangue em demasia, ao passo que as extremidades têm muito pouco. As horas de estudo e recreação devem ser reguladas cuidadosamente, e uma parte do tempo deve ser gasta em trabalho físico. …

A saúde não pode ser preservada, a não ser que alguma parte de cada dia seja dedicada à atividade muscular ao ar livre. Horas regulares devem ser dedicadas ao trabalho manual de alguma espécie, algo que ponha em ação todas as partes do corpo. Equilibrai o esforço das faculdades físicas e mentais, e a mente… será refrigerada. Fundamentos da Educação Cristã, pág. 146.

A mente dos homens pensantes trabalha demasiado arduamente. Com frequência, eles usam muito prodigamente suas faculdades mentais; ao passo que outra classe existe, cujo mais elevado objetivo na vida é o trabalho físico. Esta classe não exercita o cérebro. Os músculos são exercitados, ao passo que o cérebro fica privado da força intelectual; da mesma maneira, a mente dos intelectuais é trabalhada, enquanto o corpo lhes fica sem forças nem vigor. …

A cultura moral, a intelectual e a física devem ser combinadas a fim de produzir homens e mulheres bem desenvolvidos e equilibrados. Alguns são aptos a exercer grande força intelectual, ao passo que outros se inclinam a gostar e achar prazer no trabalho físico. Ambas essas classes devem buscar melhorar-se onde são deficientes, de modo a apresentar a Deus o ser todo, em sacrifício vivo, santo e agradável a Ele, que é o seu culto racional. Conselhos aos Pais, Professores e Estudantes, págs. 290 e 291.

A saúde, como o caráter, deve ser cuidadosamente defendida. Christian Temperance and Bible Hygiene, pág. 83.


TEMPERANÇA NO DORMIR – 19 DE MAIO 2018

Ó preguiçoso, até quando ficarás deitado? Quando te levantarás do teu sono? Provérbios 6:9.

A saúde é um grande tesouro. É o mais valioso bem que os mortais podem possuir. A riqueza, a honra ou o saber são comprados demasiado caro quando adquiridos com prejuízo do vigor da saúde. Nenhuma dessas realizações pode garantir a felicidade, caso falte a saúde. … É um terrível pecado abusar da saúde que Deus nos deu; pois todo o abuso dessa natureza debilita a nossa vida e constitui um prejuízo. Conselhos Sobre Saúde, pág. 186.

Como é corriqueiro o hábito de trocar o dia pela noite, e a noite pelo dia! Muitos jovens dormem profundamente pela manhã, quando deveriam estar levantados com o trinar matutino dos passarinhos, e estar em movimento quando toda a natureza está desperta. Seja a juventude regular no horário de deitar e levantar. … Proponham em seu coração disciplinarem-se e praticarem leis bem ordenadas. Deus é Deus de ordem, e cada jovem tem o dever de observar leis estritas, pois esse procedimento atuará em seu proveito. The Youth’s Instructor, 7 de setembro de 1893.

Desde que o trabalho da construção do corpo ocorre durante as horas do descanso, é essencial, especialmente na juventude, que o sono seja regular e abundante. Educação, pág. 205.

A maioria dos amantes dos prazeres frequentam as reuniões noturnas elegantes, e gastam em diversões excitantes as horas de repouso e o sono sossegado que Deus lhes concedeu para lhes revigorar o corpo. … Roubam às faces o rubor da saúde, e depois, com o uso de cosméticos, suprem a deficiência. The Health Reformer, outubro de 1871.

Não seria melhor, portanto, romper com esse hábito de transformar a noite em dia, e as frescas horas matinais em noite? Se a juventude formar hábitos de regularidade e ordem, aproveitará na saúde, na disposição, na memória e no humor. Evangelismo, págs. 651 e 652.


TEMPERANÇA NO TRABALHO –  18 DE MAIO 2018

Eis aqui o que eu vi, uma boa e bela coisa: comer, e beber, e gozar cada um do bem de todo o seu trabalho, em que trabalhou debaixo do Sol, todos os dias da sua vida que Deus lhe deu; porque esta é a sua porção. Eclesiastes 5:18.

Deve-se despender o máximo de tempo possível no sentido de desenvolver e preservar uma boa saúde física e mental. E fácil perder a saúde, mas é difícil recuperá-la. … Não podemos aventurar-nos a prejudicar ou arruinar uma única função da mente ou dos membros pelo excesso de trabalho ou abuso de qualquer parte da máquina viva. The Health Reformer, abril de 1877.

Os que fazem grande esforço para realizar justamente tanto trabalho em determinado tempo, e continuam a trabalhar quando seu juízo lhes diz que deviam descansar, jamais lucram. Estão vivendo de capital emprestado. Estão gastando a energia vital de que necessitarão num tempo futuro. E quando a energia que tão indiferentemente usaram é exigida, fracassam por esta lhes faltar. … Seu tempo de necessidade chegou, mas os seus recursos físicos estão esgotados. Todo aquele que viola as leis da saúde deve a qualquer tempo sofrer em maior ou menor escala. Conselhos Sobre Saúde, pág. 99.

Muita fadiga e trabalho sob que estão gastando-se e envelhecendo, não são fardos com que Deus os sobrecarregou, senão que eles mesmos se impuseram por fazerem coisas que a Palavra de Deus lhes disse não fizessem. The Health Reformer, janeiro de 1877.

Não é dever nosso colocar-nos em situação de ficar sobrecarregados. Alguns poderão às vezes achar-se em condição em que isto seja necessário; deve, porém, ser exceção, não regra. … Caso honremos o Senhor fazendo a nossa parte, Ele, pela Sua, conserva-nos a saúde. … Sendo temperantes no comer, beber, vestir, trabalhar, e em tudo, podemos fazer por nós mesmos o que médico algum poderá. Temperança, pág. 139.

Os deveres de amanhã não devem ser acumulados nas horas de hoje. Obreiros Evangélicos, pág. 244.


TUDO PARA A GLÓRIA DE DEUS – 17 DE MAIO 2018

Quer comais, quer bebais ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus. 1 Coríntios 10:31.

A fim de preservar a saúde, é necessário temperança em todas as coisas – temperança no trabalho, temperança no comer e no beber. Nosso Pai celestial enviou a luz da reforma de saúde… para que os que amam a pureza e a santidade possam saber como usar com discrição as coisas boas que Ele lhes proveu, e para que, ao exercerem a temperança na vida diária, possam ser santificados pela verdade. Conselhos Sobre Saúde, págs. 120 e 121.

Deve-se tomar grande cuidado quanto a formar hábitos corretos no comer e no beber. O alimento ingerido deve ser o que produza o melhor sangue. Deus exige de nós que, sendo temperantes em todas as coisas, façamos nossa parte no sentido de nos conservarmos com saúde. … A vida espiritual é grandemente afetada pela maneira em que o estômago é tratado. Comer e beber em conformidade com as leis da saúde, promove ações virtuosas. Review and Herald, 27 de maio de 1902.

Deve dominar o princípio, em vez do apetite ou do gosto. … Significa muito ser fiel a Deus. Ele tem reivindicações sobre todos os que se empenham em Seu serviço. Deseja que espírito e corpo sejam preservados na melhor condição de saúde, cada faculdade e dom sob o controle divino, e tão vigorosos e cuidadosos como os possam tornar os hábitos de estrita temperança. Conselhos Sobre o Regime Alimentar, pág. 156.

Quanto melhor observardes essas leis, tanto mais claramente podereis discernir as tentações e resistir-lhes, e tanto mais claramente podeis discernir o valor das coisas eternas. Temperança, pág. 188.

Oxalá o Senhor vos ajude a aproveitar ao máximo vossas oportunidades e privilégios presentes, para que possais ganhar diariamente novas vitórias e finalmente entrar na cidade de Deus, como aqueles que venceram pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do Seu testemunho. The Youth’s Instructor, 25 de agosto de 1886.


DESFRUTAR DAS OBRAS CRIADAS DE DEUS – 16 DE MAIO 2018

E, havendo Deus acabado no dia sétimo a sua obra, que tinha feito, descansou no sétimo dia de toda a Sua obra, que tinha feito. Gênesis 2:2.

Deus reservou o sétimo dia como um período de repouso para o homem, para bem do homem mesmo, assim como para glória Sua. Ele viu que as necessidades do homem exigiam um dia de repouso da labuta e do cuidado, que sua saúde e vida seriam postas em perigo, sem um período de abandono do trabalho e da ansiedade dos seis dias. Testemunhos Seletos, vol. 1, pág. 175.

O sábado do Senhor deve tornar-se uma bênção para nós e para nossos filhos. … Podem [os filhos] ser dirigidos para as flores desabrochadas e os botões que se entreabrem, às árvores altaneiras e às belas hastes da grama; e ser ensinados que Deus fez tudo isso em seis dias e no sétimo descansou e o santificou. Assim os pais podem dar suas instrutivas lições aos filhos, para que, quando eles contemplarem as coisas da natureza, se recordem do grande Criador de todas elas. Seus pensamentos serão dirigidos para o Deus da natureza – voltar-se-ão para a criação de nosso mundo, quando se pôs o fundamento do sábado e todos os filhos de Deus rejubilaram. Orientação da Criança, págs. 531 e 533.

Feliz é a família que pode ir ao lugar de culto, aos sábados, como iam Jesus e Seus discípulos à sinagoga, através de campos, ao longo das praias do lago, ou por entre bosques. Educação, pág. 251.

O sábado convida-nos a contemplar, nas obras criadas, a glória do Criador. Por desejar Jesus que assim fizéssemos, foi que envolveu as Suas preciosas lições com a beleza das coisas naturais. Mais do que em qualquer outro dia, devemos, no santo dia de descanso, estudar as mensagens que Deus para nós escreveu na natureza. Devemos estudar as parábolas do Salvador onde Ele as pronunciou, nos campos e prados, sob céu aberto, entre a relva e as flores. À medida que penetramos no seio da natureza, Cristo nos torna real a Sua presença, e nos fala ao coração de Sua paz e amor. Parábolas de Jesus, págs. 25 e 26.


  ÁGUA – 16 DE MAIO 2018

Jesus respondeu e disse-lhe: Qualquer que beber desta água tornará a ter sede, mas aquele que beber da água que Eu lhe der nunca terá sede, porque a água que Eu lhe der se fará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna. João 4:13 e 14.

Na saúde e na doença, a água pura é uma das mais excelentes bênçãos do Céu. Foi a bebida provida por Deus para saciar a sede de homens e animais. Bebida abundantemente, ela ajuda a suprir as necessidades do organismo, e a natureza em resistir à doença. A aplicação externa da água é um dos mais fáceis e mais satisfatórios meios de regular a circulação do sangue. A Ciência do Bom Viver, pág. 237.

Beber água pura e respirar ar renovado, para lhe revigorar os órgãos vitais, purificar o sangue e ajudar a natureza em sua tarefa de vencer as más condições do organismo. Mensagens Escolhidas, vol. 2, pág. 456.

A água é o único líquido capaz de purificar os tecidos. Review and Herald, 29 de julho de 1884.

Se os que sofrem ajudassem os esforços da natureza, usando água pura e leve, muito sofrimento seria evitado. How to Live, pág. 60.

Aplicados de modo hábil e sábio, os tratamentos com água podem ser o meio de salvar muitas vidas. Aliem-se ao estudo diligente, tratamentos cuidadosos. Façam-se orações de fé ao lado da cama do enfermo. Anime-se o doente a reivindicar as promessas de Deus para si mesmo. Manuscrito 227.

A água refrigerante, borbulhando na terra ressequida e estéril, fazendo com que o deserto floresça, e fluindo para dar vida aos que perecem, é um emblema da graça divina que apenas Cristo pode conferir, e é como água viva, purificando, refrigerando a alma. Patriarcas e Profetas, pág. 412.

No Oriente, a água era chamada “o dom de Deus”. O Desejado de Todas as Nações, pág.183.


LUZ DO SOL – 14 DE MAIO 2018

Verdadeiramente suave é a luz, e agradável é aos olhos ver o Sol. Eclesiastes 11:7.

Poucos há que reconhecem que, para poderem possuir alegria, devem ter abundância de luz solar, ar puro e exercício físico. Compadecemos das crianças que são confinadas dentro de casa, quando fora brilha exuberante o Sol. The Health Reformer, abril de 1871.

Vesti vossos filhos e filhas de modo confortável e próprio. … Depois deixai-os ir exercitar-se ao ar livre, e viver para ter saúde e felicidade. Christian Temperance and Bible Hygiene, pág. 91.

O pálido e doentio rebento que surgiu à força lutando para sobreviver ao frio da primavera precoce, veste-se de um verde carregado são e natural, depois de usufruir por uns poucos dias os raios salutares e vivificantes do Sol … e partilham com a vegetação sua faculdade de curar e manter a vida. The Health Reformer, maio de 1871.

Nenhum cômodo da casa deve ser considerado mobilado e adornado sem a luz alegre e animadora do Sol, que é o dom gratuito do Céu ao homem. …

Ao criar Deus o mundo, e as trevas cobrirem a face do abismo, disse: “Haja luz. E houve luz. E viu Deus que era boa a luz” (Gênesis 1:3 e 4). Fecharemos nossas casas, delas excluindo a luz a que Deus chamou boa? The Health Reformer, abril de 1871.

Se quereis que vossas casas sejam agradáveis e convidativas, tornai-as resplendentes com ar e luz solar. … A preciosa luz solar poderá fazer descorar os vossos tapetes; ela, porém, dará uma cor saudável às faces de vossas crianças. Se tiverdes a presença de Deus e possuirdes coração cheio de zelo e amor, uma casa humilde, na qual haja ar e brilhe a luz do Sol … será para vossa família … um céu na Terra. Conselhos Sobre Saúde, pág. 196.

O exercício, e o livre e abundante uso do ar e luz solar – bênçãos que o Céu tem outorgado a todos nós livremente – dará vida e força. Conselhos Sobre Saúde, pág. 54.


O AR QUE RESPIRAMOS – 13 DE MAIO 2018

Ele mesmo é quem dá a todos a vida, a respiração e todas as coisas. Atos 17:25.

O ar é uma bênção gratuita do Céu, destinada a eletrizar todo o sistema. Testemunhos Para a Igreja, vol. 1, pág. 701.

Os pulmões estão de contínuo expelindo impurezas, e necessitam ser constantemente abastecidos de ar puro. A Ciência do Bom Viver, pág. 274.

Dependemos mais do ar que respiramos do que do alimento que ingerimos. Homens e mulheres, jovens e idosos que desejam saúde, e que apreciariam a vida ativa, devem lembrar-se de que não poderão obter isso sem uma boa circulação. Sejam quais forem as suas ocupações e tendências, devem eles preparar a mente para exercício ao ar livre, tanto quanto possível. Devem considerar um sagrado dever superar as condições de saúde que os têm mantido confinados dentro de casa, privados do exercício ao ar livre. Conselhos Sobre Saúde, pág. 173.

Ar, ar, a preciosa dádiva do Céu, que todos podem usufruir, vos abençoará com sua influência revigorante, se não recusardes sua entrada. Dai-lhe boa acolhida, cultivai o amor por ele, e se demonstrará um precioso calmante dos nervos. … A influência do ar puro, renovado é fazer o sangue circular sadiamente através do organismo. Refrigera o corpo e tende a torná-lo forte e sadio, enquanto ao mesmo tempo é sentida decididamente sua influência sobre a mente, comunicando certa calma e serenidade. Estimula o apetite, tornando mais perfeita a digestão do alimento e induzindo um sono calmo e profundo. Mente, Caráter e Personalidade, vol. 1, pág. 116.

O ar puro e revigorador do Céu é um dom gratuito de Deus a homens e mulheres, e é impossível estarem eles alegres, sadios e felizes sem apreciarem esses ricos benefícios e não lhes permitirem cumprir o propósito para o qual foram designados. The Health Reformer, abril de 1872.

O ar livre e puro do espaço é uma das mais ricas bênçãos das quais podemos desfrutar. Conselhos Sobre Saúde, pág. 60.


ATIVIDADE AO AR LIVRE – 12 DE MAIO 2018

E plantou o Senhor Deus um jardim no Éden, da banda do oriente, e pôs ali o homem que tinha formado. E tomou o Senhor Deus o homem e o pôs no jardim do Éden para o lavrar e o guardar. Gênesis 2:8 e 15.

Aos cuidados de Adão e Eva foi confiado o jardim, “para o lavrar e o guardar” (Gênesis 2:15). Conquanto fossem ricos em tudo que o Possuidor do Universo pudesse proporcionar, não deveriam estar ociosos. Foi-lhes designada uma útil ocupação, como uma bênção, para fortalecer-lhes o corpo, expandir a mente e desenvolver o caráter. Educação, pág. 21.

Que homens e mulheres trabalhem no campo, pomar e jardim. Isto levará saúde e força aos nervos e aos músculos. … Cada parte do organismo humano deve ser equilibradamente exercitada. Isso é necessário para o desenvolvimento harmônico e ação de cada parte. … Deus fez nervos e músculos a fim de serem usados. É a inatividade do organismo humano que traz sofrimento e doença. Medicina e Salvação, págs. 296 e 297.

Mais pessoas morrem por falta de exercício do que por excesso de cansaço; muitos, mais por excesso de ociosidade, do que de atividade. Os que se acostumam a exercícios apropriados ao ar livre, têm, geralmente, uma circulação boa e vigorosa. Conselhos Sobre Saúde, pág. 173.

Exercícios matinais, como caminhar ao revigorante ar da manhã, ou o cultivo de flores, pequenos frutos, vegetais, etc., são necessários para uma saudável circulação do sangue. É a mais segura salvaguarda contra resfriados, tosse, congestão do cérebro e dos pulmões, inflamação do fígado, rins, pulmões e uma centena de outras enfermidades. Review and Herald, maio de 1782.

Saí ao ar livre e fazei exercício cada dia, mesmo que para tanto algumas coisas internas tenham que ser negligenciadas. Testemunhos Para a Igreja, vol. 2, pág. 531.

Quanto mais chegarmos a estar em harmonia com o plano original de Deus, mais favorável será nossa posição para o restabelecimento e preservação da saúde. A Ciência do Bom Viver, pág. 365.


O AR QUE RESPIRAMOS – 13 DE MAIO 2018

Ele mesmo é quem dá a todos a vida, a respiração e todas as coisas. Atos 17:25.

O ar é uma bênção gratuita do Céu, destinada a eletrizar todo o sistema. Testemunhos Para a Igreja, vol. 1, pág. 701.

Os pulmões estão de contínuo expelindo impurezas, e necessitam ser constantemente abastecidos de ar puro. A Ciência do Bom Viver, pág. 274.

Dependemos mais do ar que respiramos do que do alimento que ingerimos. Homens e mulheres, jovens e idosos que desejam saúde, e que apreciariam a vida ativa, devem lembrar-se de que não poderão obter isso sem uma boa circulação. Sejam quais forem as suas ocupações e tendências, devem eles preparar a mente para exercício ao ar livre, tanto quanto possível. Devem considerar um sagrado dever superar as condições de saúde que os têm mantido confinados dentro de casa, privados do exercício ao ar livre. Conselhos Sobre Saúde, pág. 173.

Ar, ar, a preciosa dádiva do Céu, que todos podem usufruir, vos abençoará com sua influência revigorante, se não recusardes sua entrada. Dai-lhe boa acolhida, cultivai o amor por ele, e se demonstrará um precioso calmante dos nervos. … A influência do ar puro, renovado é fazer o sangue circular sadiamente através do organismo. Refrigera o corpo e tende a torná-lo forte e sadio, enquanto ao mesmo tempo é sentida decididamente sua influência sobre a mente, comunicando certa calma e serenidade. Estimula o apetite, tornando mais perfeita a digestão do alimento e induzindo um sono calmo e profundo. Mente, Caráter e Personalidade, vol. 1, pág. 116.

O ar puro e revigorador do Céu é um dom gratuito de Deus a homens e mulheres, e é impossível estarem eles alegres, sadios e felizes sem apreciarem esses ricos benefícios e não lhes permitirem cumprir o propósito para o qual foram designados. The Health Reformer, abril de 1872.

O ar livre e puro do espaço é uma das mais ricas bênçãos das quais podemos desfrutar. Conselhos Sobre Saúde, pág. 60.


ATIVIDADE AO AR LIVRE – 12 DE MAIO 2018

E plantou o Senhor Deus um jardim no Éden, da banda do oriente, e pôs ali o homem que tinha formado. E tomou o Senhor Deus o homem e o pôs no jardim do Éden para o lavrar e o guardar. Gênesis 2:8 e 15.

Aos cuidados de Adão e Eva foi confiado o jardim, “para o lavrar e o guardar” (Gênesis 2:15). Conquanto fossem ricos em tudo que o Possuidor do Universo pudesse proporcionar, não deveriam estar ociosos. Foi-lhes designada uma útil ocupação, como uma bênção, para fortalecer-lhes o corpo, expandir a mente e desenvolver o caráter. Educação, pág. 21.

Que homens e mulheres trabalhem no campo, pomar e jardim. Isto levará saúde e força aos nervos e aos músculos. … Cada parte do organismo humano deve ser equilibradamente exercitada. Isso é necessário para o desenvolvimento harmônico e ação de cada parte. … Deus fez nervos e músculos a fim de serem usados. É a inatividade do organismo humano que traz sofrimento e doença. Medicina e Salvação, págs. 296 e 297.

Mais pessoas morrem por falta de exercício do que por excesso de cansaço; muitos, mais por excesso de ociosidade, do que de atividade. Os que se acostumam a exercícios apropriados ao ar livre, têm, geralmente, uma circulação boa e vigorosa. Conselhos Sobre Saúde, pág. 173.

Exercícios matinais, como caminhar ao revigorante ar da manhã, ou o cultivo de flores, pequenos frutos, vegetais, etc., são necessários para uma saudável circulação do sangue. É a mais segura salvaguarda contra resfriados, tosse, congestão do cérebro e dos pulmões, inflamação do fígado, rins, pulmões e uma centena de outras enfermidades. Review and Herald, maio de 1782.

Saí ao ar livre e fazei exercício cada dia, mesmo que para tanto algumas coisas internas tenham que ser negligenciadas. Testemunhos Para a Igreja, vol. 2, pág. 531.

Quanto mais chegarmos a estar em harmonia com o plano original de Deus, mais favorável será nossa posição para o restabelecimento e preservação da saúde. A Ciência do Bom Viver, pág. 365.


“QUE TENHAS SAÚDE” – 11 DE MAIO 2018

Amado, desejo que te vá bem em todas as coisas e que tenhas saúde, assim como bem vai a tua alma. 3 João 2.

Em Seus milagres, o Salvador revela o poder que está continuamente operando em favor do homem, para manter e curar. Por intermédio de agentes naturais, Deus está operando dia a dia, hora a hora, momento a momento, para nos conservar em vida, construir e restaurar-nos. Quando qualquer parte do corpo sofre um dano, principia imediatamente um processo de cura; os agentes da natureza põem-se em operação para restaurar a saúde. Mas o poder que opera por intermédio seu é o poder de Deus. Todo poder comunicador de vida tem nEle sua origem. Quando alguém se restabelece de uma enfermidade, é Deus que o restaura. …

As palavras dirigidas a Israel verificam-se hoje naqueles que recuperam a saúde do corpo ou da alma. “Eu sou o Senhor, que te sara” (Êxodo 15:26). …

Ar puro, luz solar, abstinência, repouso, exercício, regime conveniente, uso de água e confiança no poder divino – eis os verdadeiros remédios. A Ciência do Bom Viver, págs. 112, 113 e 127.

As coisas da natureza são bênçãos de Deus, providas para comunicar saúde ao corpo, à mente e à alma. São elas dadas aos sãos, para conservá-los com boa saúde, e aos doentes para torná-los sãos. Conselhos Sobre Saúde, pág. 169.

A natureza é o médico de Deus. O ar puro, a alegre luz solar, as belas flores e árvores, os belos pomares e vinhas e o exercício ao ar livre nessa atmosfera são transmissores de saúde – o elixir da vida. A Ciência do Bom Viver, pág. 264.

Nada contribui tanto para restaurar a saúde e a felicidade, como viver em meio ao atrativo ambiente do campo. Conselhos Sobre Saúde, pág. 170.

A vida ao ar livre é boa para o corpo e a mente. É o remédio divino para a restauração da saúde. Conselhos Sobre Saúde, pág. 166.

A verdadeira religião e as leis da saúde andam de mãos dadas. Conselhos Sobre Saúde, pág. 445.


CUIDAR DO TEMPLO DO CORPO – 10 DE MAIO 2018

Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? 1Coríntios 3:16.

Deu-vos Deus uma habitação para que dela cuideis, e a conserveis nas melhores condições para Seu serviço e Sua glória. Vosso corpo não vos pertence. … “Não sabeis vós que sois o templo de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós?” (1Coríntios 3:16). Conselhos Sobre Saúde, pág. 622.

A saúde é uma bênção da qual poucos apreciam o valor. Mensagens aos Jovens, pág. 235.

A vida é um santo depósito, que somente Deus é capaz de conservar e usar para Sua glória. Mas Aquele que formou a maravilhosa estrutura do corpo tomará especial cuidado em conservá-lo em ordem, se os homens com Ele não procederem de modo contrário. Todo talento a nós confiado, Deus nos ajudará a melhorar e usar de acordo com a vontade do Doador. Review and Herald, 20 de junho de 1912.

A juventude é o tempo para estabelecer bons hábitos, corrigir os maus hábitos já adquiridos, obter e conservar a faculdade do domínio próprio, e estabelecer o plano da prática da ordem em todos os atos da vida que se relacionam com a vontade de Deus e a ele acostumar-se. The Pacific Health Journal, agosto de 1890.

O templo sagrado do corpo deve conservar-se puro e incontaminado, para que o Espírito de Deus nele possa habitar. Devemos guardar fielmente a propriedade do Senhor, pois qualquer abuso de nossas forças encurta o tempo em que nossa vida poderia ser usada para a glória de Deus. Conservai em mente que devemos consagrar tudo a Deus; mente e corpo e espírito. Tudo é Sua possessão adquirida e deve ser usada inteligentemente, a fim de podermos preservar o talento da vida. Usando devidamente e ao máximo nossas forças no serviço mais útil, conservando cada órgão com saúde, preservando cada órgão, a fim de a mente, os nervos e os músculos trabalharem harmoniosamente, poderemos prestar o mais precioso serviço a Deus. The Youth’s Instructor, 7 de abril de 1898.

Quando fazemos tudo o que podemos de nossa parte para ter saúde, então podemos esperar que os resultados benéficos se sigam, e podemos pedir a Deus que abençoe os nossos esforços para a preservação da saúde. Conselhos Sobre Saúde, pág. 59.


REPOUSO – 09 DE MAIO 2018

E Ele disse-lhes: Vinde vós, aqui à parte, a um lugar deserto, e repousai um pouco. Porque havia muitos que iam, e vinham, e não tinham tempo para comer. Marcos 6:31.

Embora o tempo seja breve, e haja grande obra para fazer, o Senhor não Se agrada de que prolonguemos tanto nossos períodos de atividade que não haja tempo para os períodos de descanso, para o estudo da Bíblia e para a comunhão com Deus. Tudo isso é essencial para fortalecer o caráter, colocar-nos em posição em que recebamos de Deus sabedoria para empregar nossos talentos no trabalho do Mestre com o maior empenho. The Youth’s Instructor, 3 de fevereiro de 1898.

Quando Jesus disse que a seara era grande e poucos os ceifeiros, não insistiu com os discípulos sobre a necessidade de trabalhar sem cessar. … Diz a Seus discípulos que suas forças foram grandemente provadas, que, a não ser que descansem um pouco, ficarão incapacitados para trabalho futuro. … Em nome de Jesus, economizai vossas forças, para que depois do refrigério do descanso, possais fazer mais e melhor trabalho. Review and Herald, 14 de novembro de 1893.

Quando os discípulos relataram a Jesus todas as suas experiências, Ele lhes compreendeu as necessidades. Seu trabalho havia-os ensoberbecido e animado, mas também os havia esgotado. … Lugar deserto não quer dizer deserto assolado e solitário, mas um lugar de retiro e quietude, agradável aos olhos e capaz de revigorar o físico. Procuraram um lugar assim perto de um refúgio favorito no Mar da Galileia. … A vida cristã não é feita de atividade incessante ou de meditação contínua. … Ele sabia que um período de repouso e recreação, longe da multidão e do cenário de seu trabalho, revigorá-los-ia, e procurou afastá-los das cidades agitadas para um refúgio calmo, onde pudessem usufruir um período de preciosa comunhão com Ele e uns com os outros. … Os discípulos de Jesus precisavam ser instruídos quanto à maneira de trabalhar e descansar. Hoje há necessidade de que os obreiros escolhidos de Deus atendam à ordem de Cristo de se separarem e descansarem um pouco. Review and Herald, 7 de novembro de 1893.


REGIME ALIMENTAR SAUDÁVEL – 08 DE MAIO 2018

Por que gastais o dinheiro naquilo que não é pão? E o produto do vosso trabalho naquilo que não pode satisfazer? Ouvi-Me atentamente e comei o que é bom, e a vossa alma se deleite com a gordura. Isaías 55:2.

A reforma da saúde significa a escolha inteligente dos artigos alimentícios mais saudáveis, preparados da forma mais simples e saudável. Diário 1984, pág. 37.

Nosso corpo é formado pela comida que ingerimos. Há constante desgaste dos tecidos do corpo; todo movimento de qualquer órgão implica um desgaste, o qual é reparado por meio do alimento. Cada órgão do corpo requer sua parte de nutrição. O cérebro deve ser abastecido com sua porção; os ossos, os músculos e os nervos requerem a sua. Maravilhoso é o processo que transforma a comida em sangue, e se serve desse sangue para restaurar as várias partes do organismo; mas esse processo está prosseguindo continuamente, suprindo a vida e a força a cada nervo, cada músculo e tecido. A Ciência do Bom Viver, pág. 295.

Deus forneceu ao homem abundantes meios para a satisfação de um apetite não pervertido. Estendeu diante dele os produtos da terra – bela variedade de alimentos agradáveis ao paladar, e nutritivos para o organismo. Dessas coisas nosso benévolo Pai celeste diz que podemos comer livremente. Frutas, cereais e verduras, preparados de maneira simples, livres de especiarias e gordura animal de qualquer espécie, fazem com leite ou nata, o regime alimentar mais sadio. Nutrem o corpo, e dão um poder de resistência e um vigor de intelecto não produzidos por um regime estimulante. Conselhos Sobre Saúde, págs. 114 e 115.

Que a mesa seja convidativa e atraente, sendo provida das boas coisas que Deus tão generosamente nos proporcionou. Seja a hora da refeição um tempo alegre e feliz. E, ao desfrutarmos os dons que nos são concedidos, retribuamos com gratos louvores ao Doador. A Ciência do Bom Viver, pág. 385.

Deus nos deu os frutos e os grãos da terra como alimento, para que tenhamos sangue frio, nervos calmos e mente clara. Review and Herald, 21 de fevereiro de 1888.


LABORIOSIDADE – 07 DE MAIO 2018

Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças. Eclesiastes 9:10.

A vida de Jesus foi cheia de atividade, e Ele Se exercitou na prática de variadas tarefas, em harmonia com Sua força física e desenvolvimento. Realizando a obra que Lhe estava indicada, não tinha Ele tempo para participar de divertimentos estimulantes e inúteis. … [Ele] foi educado no trabalho útil e até para resistir a durezas. O Lar Adventista, págs. 506 e 507.

Cristo nos apresenta uma norma para os jovens e as crianças. Sua juventude foi vivida sob condições favoráveis à obtenção do desenvolvimento físico e à aquisição de força moral para resistir à tentação, a fim de poder permanecer puro em meio à corrupção da ímpia Nazaré. …

A educação de Cristo, durante o tempo em que esteve sujeito aos pais, era da mais valiosa espécie. … O exercício físico e mental necessário à execução de Sua tarefa nEle desenvolveu tanto força física como mental. Sua vida de trabalho e de retiro fechou os condutos pelos quais Satanás poderia entrar para tentá-Lo a amar a vaidade e a ostentação. Fortaleceu-Se de corpo e espírito, preparando-Se assim para os deveres da varonilidade e para o desempenho dos importantes deveres que mais tarde sobre Ele recaíram. The Youth’s Instructor, 27 de julho de 1893.

Jesus era trabalhador fervoroso e constante. Jamais existiu entre os homens alguém tão carregado de responsabilidades. Jamais outro conduziu tão pesado fardo das dores e pecados do mundo. Jamais outro labutou com um zelo tão consumidor de si próprio, pelo bem dos homens. Todavia, teve uma vida saudável. Física bem como espiritualmente, Ele era representado pelo cordeiro sacrifical, “imaculado e incontaminado” (1Pedro 1:19). No corpo e na alma, era um exemplo do que Deus designava que fosse toda a humanidade por meio da obediência a Suas leis. A Ciência do Bom Viver, pág. 51.


EXERCÍCIO – 06 DE MAIO 2018

O ornato dos jovens é a sua força. Provérbios 20:29.

Outra bênção preciosa é o exercício apropriado. Conselhos Sobre Saúde, pág. 52.

Cada órgão e músculo tem um trabalho a fazer no organismo vivo. Toda roda do maquinismo deve ser uma roda viva, ativa e que trabalha. As belas e maravilhosas obras da natureza precisam ser conservadas em movimento ativo a fim de desempenhar o trabalho para o qual foram designadas. Testemunhos Para a Igreja, vol. 3, págs. 77 e 78.

Atai um braço suspenso, mesmo por poucas semanas, e depois soltai-o de suas ligaduras, e vereis que se acha mais fraco do que o que mantivestes em uso moderado durante o mesmo período. A inatividade produz o mesmo efeito sobre todo o sistema muscular.

A inatividade é prolífera causa de doenças. O exercício aviva e equilibra a circulação do sangue A Ciência do Bom Viver, págs. 237 e 238.

Para um jovem sadio, o exercício rigoroso, severo, fortalece cérebro, ossos e músculos. … Sem semelhante exercício a mente não pode estar em condições de trabalho. Ela não pode apresentar a ação rápida e incisiva que dá finalidade às suas faculdades. Mente, Caráter e Personalidade, vol. 1, pág. 117.

Todos os seres celestiais estão em constante atividade; e o Senhor Jesus, no trabalho de Sua vida, nos deu a todos um exemplo. Ele andou “fazendo o bem” (Atos 10:38). Deus estabeleceu a lei da ação obediente. Silenciosos mas incessantes, os objetos de Sua criação fazem o seu trabalho designado. O oceano está em constante movimento. A relva que cresce, “que hoje existe e amanhã é lançada no forno” (Mateus 6:30), desempenha o seu papel, vestindo o campo de beleza. As folhas movem-se, e, no entanto, não se vê mão alguma tocá-las. O Sol, a Lua e as estrelas são úteis e cumprem magnificamente sua missão. … E o homem, com seu corpo e mente criados à semelhança de Deus, deve ser ativo a fim de preencher o lugar que lhe foi designado. Vida e Ensinos, págs. 75 e 76.

A ação dá poder. Vida e Ensinos, pág. 75.


ASSEIO – 05 DE MAIO 2018

Cheguemo-nos com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé, tendo o coração purificado da má consciência e o corpo lavado com água limpa. Hebreus 10:22.

O escrupuloso asseio é indispensável tanto à saúde física como à mental. Impurezas são constantemente expelidas do corpo por meio da pele. Seus milhões de poros logo ficam obstruídos, a menos que se mantenham limpos mediante banhos freqüentes, e as impurezas que deviam sair pela pele se tornam mais uma sobrecarga aos outros órgãos eliminadores.

Muitas pessoas tirariam proveito de um banho frio ou tépido cada dia, pela manhã ou à noite. Em vez de tornar mais sujeito a resfriados, um banho devidamente tomado fortalece contra os mesmos, porque melhora a circulação; o sangue é levado à superfície, conseguindo-se que ele aflua mais fácil e regularmente às várias partes do organismo. A mente e o corpo são igualmente revigorados. Os músculos tornam-se mais flexíveis, mais vivo o intelecto. O banho é um calmante dos nervos. A Ciência do Bom Viver, pág. 276.

Ensinai aos pequeninos que Deus não Se agrada de vê-los com corpo sujo e roupas desabotoadas e rasgadas. … Andar com roupas elegantes e limpas será um dos meios de conservar puros e dóceis os pensamentos. … Especialmente devem ser conservados limpos todos os artigos que entram em contato com a pele. Christian Temperance and Bible Hygiene, pág. 142.

A verdade nunca põe seu delicado pé no caminho da imundícia ou da impureza. … Aquele que minuciosamente exigiu dos filhos de Israel que nutrissem hábitos de limpeza não aprovará hoje qualquer impureza no lar de Seu povo. Deus olha com desagrado a qualquer espécie de impurezas. Review and Herald, 10 de junho de 1906.

Perfeito asseio, quantidade de sol, cuidadosa atenção às condições higiênicas em todos os detalhes da vida doméstica são essenciais à prevenção das doenças e ao contentamento e vigor dos habitantes do lar. A Ciência do Bom Viver, pág. 276.

O Céu é puro e santo, e os que entrarem pelos portões da Cidade de Deus devem estar vestidos de pureza interior e exterior. Conselhos Sobre Saúde, pág. 103.


 DEUS FEZ O HOMEM PERFEITO – 04 DE MAIO 2018

Vede, isto tão-somente achei: que Deus fez ao homem reto, mas ele buscou muitas invenções. Eclesiastes 7:29.

A reforma da saúde é parte importante da mensagem do terceiro anjo; e, como um povo que professa esta reforma, não devemos recuar, mas fazer contínuos progressos. É grande coisa manter a saúde, colocando-nos em correta relação para com as leis da vida. Conselhos Sobre Saúde, pág. 49.

Entre as primeiras coisas que se devem ter em vista, figura a posição correta, tanto estando sentados como de pé. Deus fez o homem ereto, e deseja que ele possua não somente o benefício físico, mas também o mental e moral, a graça, dignidade, compostura, ânimo e confiança em si, que uma atitude ereta em tão grande maneira tende a promover. Educação, pág. 198.

Deve-se conceder aos pulmões a maior liberdade possível. Sua capacidade se desenvolve pela liberdade de ação; diminui, se eles são constrangidos e comprimidos. Daí os maus efeitos do hábito tão comum, especialmente em trabalhos sedentários, de ficar todo dobrado sobre a tarefa em mão. Nessa postura é impossível respirar profundamente. A respiração superficial torna-se em breve um hábito, e os pulmões perdem a capacidade de expansão. … Assim é recebida uma deficiente provisão de oxigênio. O sangue move-se lentamente. A Ciência do Bom Viver, págs. 272 e 273.

A seguir em importância à posição correta estão a respiração e a cultura vocal. Aquele que senta ou fica em pé, com o corpo direito, está em melhor condição do que outros, para respirar convenientemente. … Para se conseguir correta expressão na leitura e na fala, faça-se com que os músculos abdominais desempenhem papel amplo na respiração, e que os órgãos respiratórios não fiquem constrangidos. Que a tensão sobrevenha aos músculos do abdômen, em vez de aos da garganta. Grande cansaço e séria enfermidade da garganta e pulmões podem-se assim evitar. Educação, pág. 198 e 199.

A fim de ter boa saúde, devemos pedir ao Senhor que nos abençoe, e então fazer o possível para nos colocarmos nas mais favoráveis condições de saúde. Carta 63, 1904.


MARAVILHA DO CORPO HUMANO – 03 DE MAIO 2018

Eu Te louvarei, porque de um modo terrível e tão maravilhoso fui formado; maravilhosas são as Tuas obras, e a minha alma o sabe muito bem. Salmos 139:14.

O mecanismo do corpo humano não pode ser plenamente compreendido; apresenta mistérios que desconcertam o mais inteligente. Não é em resultado de um mecanismo que, uma vez posto a funcionar, continua sua obra, que o pulso bate, e respiração se segue a respiração. … O coração palpitante, o pulso em seu ritmo, cada nervo e músculo do organismo vivo é mantido em ordem e atividade pelo poder de um Deus sempre presente. A Ciência do Bom Viver, pág. 417.

O Criador do homem dispôs a maquinaria viva de nosso corpo. Toda função é maravilhosa e sabiamente desempenhada. E Deus Se encarregou de manter esta máquina humana em saudável função se o instrumento humano obedecer a Suas leis e cooperar com Deus. Cada lei que governa a maquinaria humana deve ser considerada tão verdadeiramente divina em sua origem, caráter e importância, como a Palavra de Deus. Cada descuido, ação desatenta, qualquer abuso para com o maravilhoso mecanismo do Senhor, por desconsiderar Suas leis específicas na humana habitação, é uma violação da lei de Deus. Podemos contemplar e admirar a obra de Deus no mundo natural, mas a habitação humana é a mais maravilhosa. Medicina e Salvação, pág. 221.

Esse maquinismo vivo deve ser compreendido. Cada parte desse maravilhoso mecanismo deve ser cuidadosamente estudada. Manuscrito 49, 1897.

Vendo eles, pelo estudo da fisiologia, que na verdade são formados “de um modo terrível e tão maravilhoso” (Salmos 139:14), ser-lhes-á inspirada reverência. Em vez de desmerecer a obra de Deus, terão o desejo de fazer tudo que lhes é possível a fim de cumprir o plano glorioso do Criador. E assim virão a considerar a obediência às leis de saúde não como uma questão de sacrifício ou negação de si mesmos, mas, como realmente é, um privilégio e bênçãos inestimáveis. Educação, pág. 201.


CRIADO A IMAGEM DIVINA – 02 DE MAIO 2018

Façamos o homem à Nossa imagem, conforme à Nossa semelhança. Gênesis 1:26.

O homem foi o ato que coroou a criação de Deus, feito à imagem de Deus e destinado a ser uma réplica de Deus. … O homem é muito caro a Deus, pois foi formado segundo a Sua imagem. Conselhos Sobre o Regime Alimentar, pág. 45.

Ao sair Adão das mãos do Criador, era de nobre estatura e perfeita simetria. Tinha mais de duas vezes o tamanho dos homens que hoje vivem sobre a Terra, e era bem proporcionado. Suas formas eram perfeitas e cheias de beleza. Sua cútis não era branca ou pálida, mas rosada, reluzindo com a rica coloração da saúde. Eva não era tão alta quanto Adão. Sua cabeça alcançava pouco acima dos seus ombros. Ela, também, era nobre, perfeita em simetria e cheia de beleza. História da Redenção, pág. 21.

O homem saiu das mãos de Deus com todas as faculdades da mente e do corpo perfeitas; perfeitamente são, portanto com perfeita saúde. Good Health, março de 1883.

Deus dotou o homem de tão grande força vital que ele tem resistido ao acúmulo de doenças lançadas sobre a raça em consequência de hábitos pervertidos, e tem sobrevivido por seis mil anos. …

Se Adão, ao ser criado, não houvesse sido dotado de vinte vezes maior vitalidade do que os homens possuem agora, a humanidade, com seus presentes métodos de vida que constituem uma violação da lei natural, já estaria extinta. Fundamentos da Educação Cristã, págs. 22 e 23.

Criados para serem a “imagem e glória de Deus” (I Cor. 11:7), Adão e Eva tinham obtido prerrogativas que os faziam bem dignos de seu alto destino. Dotados de formas graciosas e simétricas, de aspecto regular e belo, o rosto resplandecendo com o rubor da saúde e a luz da alegria e esperança, apresentavam eles em sua aparência exterior a semelhança dAquele que os criara. Educação, pág. 20.


MEU CORPO PERTENCE A DEUS – 01 DE MAIO 2018

Ou não sabeis que o nosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus. 1Coríntios 6:19 e 20.

A vida é dom de Deus. Nosso corpo nos foi dado para uso no serviço de Deus, e é Seu desejo que dele cuidemos e o prezemos. … Nosso corpo deve ser conservado nas melhores condições físicas possíveis, e sob as maiores influências espirituais. …

Uma vida pura e sadia é mais propícia à perfeição do caráter cristão e ao desenvolvimento das faculdades da mente e do corpo.

A lei da temperança deve nortear a vida de todo cristão. Deus deve estar em todas as nossas cogitações; deve-se ter sempre em vista Sua glória. Devemos fugir de toda influência que nos escravize os pensamentos e nos afaste de Deus. Achamo-nos sob as sagradas obrigações para com Deus, de dirigir o nosso corpo e reger os nossos apetites e paixões de tal modo que eles não nos afastem da pureza e santidade, ou desviem-nos a mente da obra que Deus deseja que façamos (Romanos 12:1). Conselhos Sobre Saúde, págs. 41 e 42.

Os que servem a Deus em sinceridade e verdade devem ser um povo peculiar, diferentes do mundo e dele separados. Seu alimento será preparado não com vistas a estimular a glutonaria ou satisfazer o paladar pervertido, mas para assegurar-lhes maior força física e, conseqüentemente, melhores condições mentais. …

Nosso Pai celestial outorgou-nos a grande bênção da reforma da saúde, para que possamos glorificá-Lo, atendendo as reivindicações que Ele tem sobre nós. … A ação harmoniosa e salutar de todas as energias do corpo e da mente resulta em felicidade; quanto mais elevadas e aprimoradas as energias, tanto mais pura e perfeita a felicidade. Conselhos Sobre Saúde, págs. 50 e 51.


MAIO 2018


INFLUÊNCIA DA FAMÍLIA CRISTÃ – 30 DE ABRIL 2018

Porque Eu o tenho conhecido, que ele há de ordenar a seus filhos e a sua casa depois dele, para que guardem o caminho do Senhor, para agirem com justiça e juízo. Gênesis 18:19.

Toda família cristã deve mostrar ao mundo o poder e a excelência da influência cristã. O Lar Adventista, pág. 19.

O lar no qual os membros são cristãos bondosos e corteses, exerce uma vasta influência para o bem. Outras famílias observam a influência de tais lares e seguem-lhes o exemplo, guardando, por sua vez, seus lares de influências más. Os anjos do Céu visitam muitas vezes o lar no qual a vontade de Deus impera. Sob o poder da divina graça um lar tal se torna um lugar de refrigério para o cansado e fraco peregrino. O ego é mantido em sujeição. Hábitos corretos são formados. Há cuidadoso reconhecimento dos direitos alheios. A fé que atua por amor e purifica a alma permanece erguida, presidindo sobre toda a vida familiar. Signs of the Times, 17 de fevereiro de 1904.

Uma família bem ordenada, bem disciplinada, fala mais em favor do cristianismo do que todos os sermões que se possam pregar. O Lar Adventista, pág. 32.

Uma luz, por pequena que seja, se está sempre brilhando, pode servir para acender outras muitas. Nossa esfera de influência poderá parecer limitada, nossas capacidades diminutas, escassas as oportunidades, nossos recursos reduzidos; no entanto, se soubermos aproveitar fielmente as oportunidades de nossos lares, maravilhosas serão nossas possibilidades. Se abrirmos o coração e o lar aos divinos princípios da vida, poderemos ser condutos que levem correntes de força vivificante. De nosso lar fluirão rios de vida e de saúde, de beleza e fecundidade numa época como esta, em que tudo é desolação e esterilidade. A Ciência do Bom Viver, pág. 355.

A influência de um lar cristão cuidadosamente protegido nos anos da infância e juventude, é a mais segura salvaguarda contra as corrupções do mundo. O Lar Adventista, pág. 19.


INFLUÊNCIA DE UM ESPÍRITO MANSO E QUIETO – 29 DE ABRIL 2018

O enfeite delas não seja o exterior, no frisado dos cabelos, no uso de jóias de ouro, na compostura de vestes, mas o homem encoberto no coração, no incorruptível trajo de um espírito manso e quieto, que é precioso diante de Deus. 1Pedro 3:3 e 4.

O apóstolo apresenta o adorno interior, em contraste com o exterior, e diz-nos o que o grande Deus avalia. O exterior é corruptível. Mas um espírito manso e quieto, o desenvolvimento de um caráter belamente simétrico, jamais acabará. É um adorno que não perecerá. À vista do Criador de tudo o que é de valor, agradável e belo é declarado ser de grande preço. The Health Reformer, novembro de 1871.

Não busquemos ardentemente ganhar aquilo que Deus estima de mais valor que custosos vestidos, ou pérolas, ou ouro? Os adornos interiores, a graça da mansidão, um espírito em harmonia com os anjos celestes, não diminuirão a verdadeira dignidade de caráter nem nos farão menos apreciáveis neste mundo. O Redentor nos adverte contra a soberba da vida, mas não contra sua graça e natural beleza. The Youth’s Instructor, 6 de maio de 1897.

O domínio próprio no vestir é uma parte de nosso dever cristão. Vestir moderadamente e abster-se da exibição de jóias e adornos de toda espécie está em harmonia com nossa fé. Testemunhos Para a Igreja, vol. 3, pág. 366.

É de elevada importância que mostremos por preceito e exemplo que estamos cultivando aquilo que o Rei do Universo considera de grande valor. Assim fazendo, que influência para o bem podemos ter! The Health Reformer, novembro de 1871.

Crianças e jovens que dedicam tempo e meios para se tornarem objetos de atração por meio de exibição e afetadas maneiras não estão agindo corretamente. Necessitam cultivar a verdadeira polidez cristã e nobreza de coração. … A beleza do espírito, a pureza da alma, reveladas na modéstia terá mais influência sobre os corações do que qualquer adorno exterior. The Youth’s Instructor, setembro de 1873.


A INFLUÊNCIA SALVADORA – 28 DE ABRIL 2018

De maneira que fostes exemplo para todos os fiéis na Macedônia e Acaia. Porque por vós soou a palavra do Senhor, não somente na Macedônia e Acaia, mas também em todos os lugares a vossa fé para com Deus se espalhou, de tal maneira que já dela não temos necessidade de falar coisa alguma. 1Tessalonicenses 1:7 e 8.

Se podeis exercer uma salvadora influência sobre uma pessoa, lembrai-vos que haverá alegria no Céu sobre um que se arrepende. … Podeis, por cuidadoso esforço, ser veículos para trazer os perdidos ao aprisco de Jesus. Mesmo que sejais jovens, podeis trabalhar com Jesus; com Seu espírito em vosso coração podeis fazer muito mais do que agora parece possível. The Youth’s Instructor, 4 de maio de 1886.

Se vosso exemplo é como o de Cristo, só como Ele, se não disserdes sequer uma palavra, já será um auxílio para muitos. A paciente continuação em fazer o bem ajudará a outros a seguirem o caminho da verdade e retidão. … Sede cuidadosos quanto a iniciardes corretamente e então continuai. The Youth’s Instructor, 25 de agosto de 1886.

O firme propósito de manterdes bons princípios, será de grande influência para guiar as pessoas na direção certa. Não há limite para o bem que podeis fazer. Se fizerdes da Palavra de Deus a regra de vossa vida, e governardes vossas ações pelos seus preceitos, fazendo todos os vossos propósitos e esforços para o cumprimento de vosso dever numa bênção, … o sucesso coroará vossas iniciativas. The Youth’s Instructor, 10 de setembro de 1886.

A juventude que é consagrada a Deus significa uma poderosa influência para o bem. Pregadores ou membros leigos avançados em anos, não conseguem a metade da influência para o bem, sobre a juventude, que os próprios jovens, se devotadas a Deus, podem ter sobre seus companheiros. The Youth’s Instructor, 1° de janeiro de 1907.

O testemunho silencioso de uma vida sincera, desinteressada e piedosa, exerce influência quase irresistível. Parábolas de Jesus, pág. 340.

A influência espontânea e inconsciente de uma vida santa é o mais convincente sermão que se pode fazer em prol do cristianismo. Atos dos Apóstolos, pág. 511.

Pág. 123


UM EXEMPLO AOS IRMÃOS NA FÉ – 27 DE ABRIL 2018

Torna-te padrão dos fiéis, na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza. 1 Timóteo 4:12.

Pela atmosfera que nos envolve, toda pessoa com quem nos comunicamos é consciente ou inconscientemente afetada. … Nossas palavras, nossos atos, nosso traje, nosso procedimento, até a expressão fisionômica tem sua influência. … Todo impulso assim comunicado é uma semente que produzirá sua colheita. É um elo na longa cadeia de eventos humanos que se estende não sabemos até aonde. Se por nosso exemplo ajudamos a outros na formação de bons princípios, estamos-lhes dando a capacidade de fazer o bem. Eles, por sua vez, exercem a mesma influência sobre outros, e estes sobre terceiros. Assim, por nossa influência inconsciente, podem ser abençoados milhares.

Atirai uma pedra num lago, e forma-se uma onda, e a ela se seguem outras; e crescendo as mesmas, o círculo amplia-se até atingir a margem. O mesmo se dá com nossa influência. Além do nosso conhecimento e arbítrio ela atua em outros para bênção ou maldição. Parábolas de Jesus, págs. 339 e 340.

Se a juventude se torna num elevado modelo, tendo princípios puros e morais, e se misturado com isto houver afabilidade e cortesia cristã, haverá uma perfeição refinada ao caráter que abrirá caminho em qualquer parte, e poderosa influência será revelada a favor da virtude, da temperança e da justiça. Tais caráteres serão do mais alto valor para a sociedade, mais preciosos que o ouro. Sua influência será para o presente e para a eternidade. The Pacific Health Journal, julho de 1890.


SÊ FORTE E CORAJOSO – 26 DE ABRIL 2018

Esforça-te e tem mui bom ânimo para teres o cuidado de fazer conforme toda a lei que Meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que prudentemente te conduzas por onde quer que andares. Josué 1:7.

Na história de José, de Daniel e seus companheiros, vemos como a áurea cadeia da verdade pode ligar a juventude ao trono de Deus. Não podiam ser tentados a desviar-se de seu procedimento de integridade. Estimavam o favor divino mais que o favor e o louvor de príncipes, e Deus os amava e sobre eles estendia Sua proteção. Devido a sua fiel integridade, a sua resolução de honrar a Deus acima de todo poder humano, o Senhor os honrou notavelmente diante dos homens. Foram exaltados pelo Senhor dos Exércitos, cujo poder está sobre todas as obras de Suas mãos, em cima no Céu e embaixo na Terra. Esses jovens, não se envergonhavam de desfraldar sua bandeira. Mesmo na corte do rei, por suas palavras, hábitos e práticas, confessaram sua fé no Senhor Deus do Céu. Recusaram-se a inclinar-se perante qualquer poder terrestre que diminuísse a honra divina. Tinham força do Céu para confessar sua fidelidade a Deus. …

Nunca vos envergonheis de vosso estandarte; tomai-o e desfraldai-o à vista dos homens e dos anjos. … O mundo tem o direito de saber justamente o que se pode esperar de todo ser humano inteligente. Quem for um conjunto vivo de princípios firmes, decididos e justos, será uma influência viva sobre os companheiros; e influenciará os outros pelo seu cristianismo. Muitos não discernem nem apreciam quão grande é a influência de cada um para o bem ou para o mal. Mensagens aos Jovens, págs. 27 a 29.

Sua felicidade, tanto nesta vida como na futura, depende de que fixem a mente em coisas animadoras. A Ciência do Bom Viver, pág. 248.

Quão importante é que todos considerem para onde está guiando pessoas. Estamos à vista do mundo eterno, e quão diligentemente devemos pesar o custo de nossa influência. The Youth’s Instructor, 2 de fevereiro de 1893.


A AFEIÇÃO E OS IMPULSOS SÃO TALENTOS – 25 DE ABRIL 2018

Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros. Romanos 12:10.

O afeto, os impulsos generosos, e a pronta apreensão das coisas espirituais são talentos preciosos, e colocam o seu possuidor sob pesada responsabilidade. Todos devem ser empregados no serviço de Deus; porém, nisso muitos erram. Satisfeitos com essas qualidades, deixam de introduzi-las no serviço ativo por outros. … Os que possuem grandes afeições estão sob a obrigação para com Deus de empregá-las não unicamente para com os amigos, mas para com todos os que necessitam de seu auxílio. Vantagens sociais são talentos e devem ser usados para benefício de todos os que estão ao alcance de nossa influência. …

Talento usado, talento multiplicado. O êxito não é resultado do acaso, nem do destino; é a operação da providência de Deus, a recompensa da fé e discrição, da virtude e do esforço perseverante. O Senhor deseja que utilizemos todos os dons que possuímos; e se assim fizermos teremos maiores dons para empregar. Não nos concede de maneira sobrenatural as qualidades de que carecemos, mas ao utilizarmos a que temos, trabalhará conosco, tonificando e fortalecendo cada faculdade. Por todo sacrifício sincero e cordial no serviço do Mestre, nossas faculdades aumentarão. … Acariciando as sugestões do Espírito, e a elas obedecendo, nosso coração se dilatará para receber mais e mais de Seu poder, e para fazer maior e melhor obra. Energias adormecidas são despertadas, e faculdades paralisadas recebem nova vida. …

Se tentarmos ganhar outros para Cristo, manifestando em nossas orações preocupação por eles, nosso coração palpitará pela influência vivificadora da graça de Deus; nossos próprios afetos arderão com mais divino fervor; toda a nossa vida cristã será mais e mais uma realidade, mais sincera e mais devota. Parábolas de Jesus, págs. 352 a 354


PODER PARA FAZER O BEM – 24 DE ABRIL 2018

Quem faz bem é de Deus. 3 João 11.

Há muitos meios pelos quais a juventude pode usar os talentos a ela confiados por Deus, para edificação da obra e da causa do Mestre, e não para louvor próprio, mas para glorificar a Deus. A Majestade do Céu, o Rei da glória, fez o infinito sacrifício de vir ao nosso mundo a fim de que Ele pudesse elevar e enobrecer a humanidade. … Lemos: “Andou fazendo o bem” (Atos 10:38). Notebook Leaflet, n° 30, pág. 2.

Ele tem uma vinha na qual todos podem realizar bom trabalho. Por toda parte a humanidade sofredora necessita de auxílio. Conselhos Sobre Saúde, pág. 537.

Os estudantes podem conseguir entrada nos corações falando palavras oportunas, fazendo favores àqueles que necessitam até mesmo de auxílio físico em seu trabalho. Isto não degrada ninguém, mas produzirá uma consciência da aprovação de Deus. Transformará os talentos confiados a vós em amplo aproveitamento. Multiplicará os talentos que serão postos em circulação. …

É nosso dever sempre fazer bom uso dos músculos e do cérebro, capacidades a nós dadas por Deus, a fim de que possam ser de utilidade aos nossos semelhantes, pela realização de trabalhos elevados, suavizando a tristeza dos abatidos, animando os desanimados, falando palavras de conforto aos desesperançados, desviando a mente dos estudantes dos gracejos e brincadeiras que muitas vezes os levam a descaírem da dignidade da virilidade e feminilidade para a vergonha e desgraça. O Senhor mantinha a mente elevada, buscando os mais altos e mais nobres canais de utilidade. Notebook Leaflet, n° 30, pág. 2.

O verdadeiro homem é aquele que está desejoso de sacrificar seu interesse a bem dos outros, e que se exercita na obra de confortar os corações quebrantados. Review and Herald, 8 de janeiro de 1880.

Todo o poder para o bem é dom de Deus. … A Deus pertence toda a glória para os sábios e bons atos dos agentes humanos. Manuscrito 146, 1902.


A FORÇA É UM TALENTO – 23 DE ABRIL 2018

Um varão sábio é forte, e o varão de conhecimento consolida a força. Provérbios 24:5.

Não só devemos amar a Deus de todo o coração, mente e alma, como também com todas as forças. Inclui isto o uso pleno e inteligente das forças físicas. …

Foi Cristo que planejou a disposição do primeiro tabernáculo terreno. Deu toda especificação a respeito do levantamento do templo de Salomão. Ele, que em Sua vida terrena trabalhava como carpinteiro na vila de Nazaré, foi o arquiteto celeste que ideou o plano do edifício sagrado onde Seu nome deveria ser honrado. …

Todas as boas invenções e melhoramentos têm origem nAquele que é maravilhoso em conselho e excelente em obra. O contato hábil da mão do médico, seu poder sobre nervo e músculo, seu conhecimento da delicada estrutura do corpo, são a sabedoria do poder divino que deve ser usada para auxiliar os sofredores. A perícia com que o carpinteiro usa o martelo, a força com que o ferreiro faz tinir a bigorna, vêm de Deus. Confiou aos homens talentos, e espera que Lhe peçam conselho. …

A religião da Bíblia deve estar entrelaçada com tudo quanto fazemos ou falamos. Os agentes divinos e humanos devem combinar tanto em empreendimentos espirituais quanto em temporais. …

É tão importante fazer a vontade de Deus em estabelecer um edifício, como o é em tomar parte num culto religioso. …

De Daniel sabemos que em todas as suas transações comerciais, quando submetidas ao exame mais severo, não se podia encontrar uma falta ou erro. Era um modelo de como devem ser todos os homens de negócios. Sua história mostra o que pode ser conseguido por alguém que consagra ao serviço de Deus toda a energia do cérebro, ossos e músculos, do coração e da vida. Parábolas de Jesus, págs. 348 a 351.

Facebook Comments
Fale Conosco!